CONTACTO PORTUGAL COMPORTA ALGARVE INVESTIR VIVER
Estação do Rossio

Estação do Rossio, a monumental estação ferroviária de Lisboa

A Estação do Rossio surpreende de imediato pela fachada principal

 

A monumental Estação Ferroviária do Rossio situa-se entre a Praça do Rossio e a Praça dos Restauradores, integrando-se na infra-estrutura de apoio à Linha de Sintra da rede de comboios suburbanos da capital portuguesa. De estilo manuelino, foi construída em 1886 e desenhada pelo arquiteto José Luís Monteiro, sob encomenda da Companhia Real dos Caminhos de Ferro Portugueses.

 

 

A obra para a sua construção foi adjudicada a uma empresa belga e integrava, além da estação, a abertura do túnel ferroviário do Rossio, a ligação rodoviária à Calçada do Carmo e o Hotel Palace. A empreitada da Estação Ferroviária do Rossio foi bastante célere e passados apenas quatro anos a estação foi inaugurada. No dia 23 de Novembro de 1890 abriu ao público e ao tráfego ferroviário.

Estação do Rossio, Lisboa

Recentemente renovada, a Estação do Rossio surpreende de imediato pela fachada principal, onde se destacam as suas oito portas que combinam com as nove janelas e com o relógio situado no topo central, pormenorizadamente decorado. A cobertura do cais de embarque é um excelente exemplo da arquitetura de ferro, muito utilizada no século XIX.

 

 

Esta estação, que se encontra em funcionamento há cerca de 120 anos foi, durante muito tempo, a principal estação de comboios de Lisboa, por causa da sua proximidade do centro histórico. Ao longo dos anos, a Estação do Rossio sofreu várias intervenções e melhorias e na última década do século XX foi lá construído um átrio norte subterrâneo, com o intuito de criar uma ligação direta à rede de Metro de Lisboa.