CONTACTO PORTUGAL COMPORTA ALGARVE INVESTIR VIVER
Fonte Monumental da Alameda

Veja o espetáculo de luz na Fonte Monumental da Alameda

A Fonte Monumental da Alameda tem um espectáculo de luzes todas as noites (15 minutos após o crepúsculo solar)

 

A Fonte Monumental da Alameda, também conhecida por Fonte Luminosa, situa-se na Alameda Dom Afonso Henriques, em Lisboa. Foi construída para celebrar o abastecimento regular de água à zona oriental da cidade, as “Avenidas Novas”. É composta por um grande lago, onde cai a água que desce de duas galerias superiores, e por várias esculturas, um Tritão montado a cavalo e quatro sereias.

 

 

Esta fonte foi idealizada no âmbito das comemorações do duplo centenário da Fundação e Restauração de Portugal, em 1940. A sua grandiosidade excedeu tudo o que se vira até à data. A Fonte Monumental da Alameda cumpria um triplo objetivo: fornecia um fecho digno à Alameda D. Afonso Henriques, proporcionava um miradouro sobre a Alameda e comemorava a entrada das águas do vale do Tejo na cidade.

Fonte Monumental da Alameda, Lisboa

Esta fonte, inaugurada em 1948 por Duarte Pacheco, Ministro das Obras Públicas de então, é um projeto dos irmãos Carlos Rebello de Andrade e Guilherme Rebello de Andrade e enquadrava-se no estilo conservador do regime da época. As esculturas são da autoria de Maximiano Alves e de Diogo de Macedo e os baixos-relevos (painéis laterais) de Jorge Barradas.

 

 

A fonte, que faz uma certa alusão à famosa fonte de Trevi de Roma, tem um espectáculo de luzes todas as noites (15 minutos após o crepúsculo solar), e acontecem também “jogos de água” todas as tardes e noites. Por causa dos elevados custos de manutenção que exige, a fonte nem sempre se encontra em funcionamento. Se subir as escadas até ao topo do monumento, consegue admirar a fonte de cima assim como a alameda em frente.