CONTACTO INVESTIR COMPORTA ALGARVE PORTUGAL

Mais segurança em Lisboa com sistema de videovigilância

Videovigilância em Lisboa
Par Inês ALMEIDA Il y a 4 ans
Catégories :
Turismo Lisboa

Moradores e comerciantes querem mais segurança em Lisboa com câmaras por toda a cidade

 

A Câmara Municipal de Lisboa quer instalar câmaras de vigilância controladas pela PSP por toda a cidade. Inclusivamente, a autarquia até já se reuniu com o Ministério da Administração Interna e a PSP para analisarem o desenvolvimento do sistema na capital, que desde 2014 se encontra em funcionamento no Bairro Alto, uma das três áreas do país com autorização para esta medida.

 

As outras duas zonas que já têm um sistema de videovigilância instalado em todo o lado são a Amadora, com 103 câmaras, e o Santuário de Fátima, com oito. Neste momento, as zonas que se afiguram como mais fortes candidatas para ser implantado o sistema são o Cais do Sodré e o Miradouro de Santa Catarina. No entanto, os habitantes da Avenida Almirante Reis também se juntaram em assembleia para enviar para a autarquia uma recomendação para a colocação de videovigilância.

 

Alargar este sistema para a zona do Cais do Sodré é um desejo da Associação de Moradores do Bairro Alto e a Associação de Dinamização da Baixa Pombalina também se tem reunido com a Câmara Municipal de Lisboa e a PSP no sentido de ver o sistema instalado na zona da Baixa.

 

De acordo com o que Carlos Castro, vereador do pelouro da Segurança na Câmara Municipal de Lisboa, disse ao Diário de Notícias, a autarquia está "bastante satisfeita com o feedback que recebeu da PSP no que diz respeito ao Bairro Alto", pretendendo alargar a presença do sistema de videovigilância pela cidade das sete colinas. No Bairro Alto, uma das zonas mais turísticas de Lisboa, estão atualmente colocadas 27 câmaras.

 

Desde a instalação do sistema de videovigilância no Bairro Alto, que os índices de criminalidade têm descido. Com base nesta tendência, a Câmara Municipal de Lisboa pretende uma cobertura total da cidade a médio/longo prazo. De acordo com o testemunho de Carlos Castros ao Diário de Notícias, o "terreno está a ser preparado, seguindo o modelo que existe noutras cidades da Europa".

 

Fonte: Diário de Notícias