CONTACTO INVESTIR COMPORTA ALGARVE PORTUGAL

Lisbon Music Fest vai percorrer 6 cidades a partir de dia 9

Lisbon Music Fest
By Inês ALMEIDA . 3 years
Categories :
Atividades Lisboa

O Lisbon Music Fest conta com uma programação com mais de 25 concertos

 

O Lisbon Music Fest vai realizar-se de 9 de Julho a 5 de Agosto, apresentando uma programação com mais de 25 concertos, todos de entrada livre, que vão decorrer em seis cidades e com agrupamentos como o Taipei Philharmonic Youth Ensemble. A terceira edição da iniciativa conta com a participação de 750 jovens, de acordo com os dados avançados pela organização.

 

Além da orquestra juvenil de Taiwan, vai contar também com o recém-criado José Saramago Ensemble Jovem, de Portugal, a Essex Youth, a Sutton Youth Orchestra e a City of Belfast Youth Orchestra, do Reino Unido, a Jugendchoir MKS Scchaffhausen, da Suíça, a Kfar Saba Youth Orchestra, a Afula Youth Orchestra, de Israel, Choi rand Concert Band, de Israel, e a Hong Kong Festival Youth Wind Orchestra, de Hong Kong.

 

O José Saramago Ensemble Jovem estreou-se no Festival Dias do Desassossego, que decorreu no ano passado em Lisboa. Este projeto musical foi idealizado por Manuel de Almeida Ferrer e Marisa Silva, e é constituído por jovens músicos portugueses, no âmbito da Fundação José Saramago. Além deste projeto, Portugal também vai ser representado pela Orquestra Gulbenkian e pela Orquestra Estágio Gulbenkian.

 

Esta iniciativa vai decorrer nos municípios de Lisboa, Évora, Elvas, Belmonte, Castelo Branco, Batalha, Peniche e Leiria. A sua inauguração vai acontecer no dia 9 de Julho, na Fundação Oriente, em Lisboa, com a atuação da Taipei Philharmonic Youth Ensemble.

 

O festival jovem vai passar por vários palcos, tais como a Fundação Calouste Gulbenkian, o Centro Cultural de Belém, as Ruínas do Carmo, o Palácio da Ajuda e os museus dos Coches e da Música, em Lisboa, o Mosteiro da Batalha, o Castelo de Belmonte, e a praça do Giraldo, que fica em Évora.

 

"O Lisbon Music Fest mantém, como grande objetivo, voltar a incluir a cidade de Lisboa e Portugal no roteiro cultural internacional dos festivais de verão, promovendo uma plataforma em que jovens músicos de todo o mundo possam interagir e partilhar diferentes culturas e experiências artísticas", afirmou Tiago Neto, o diretor do festival, em comunicado. "Depois do sucesso das duas primeiras edições, em que contámos com uma assistência global superior a 25 mil pessoas, acreditamos que vamos continuar a superar estes números", conclui.

 

Fonte: Diário de Notícias