CONTACTO INVESTIR COMPORTA ALGARVE PORTUGAL

Festival Todos: porque todos somos mais

Festival Todos
Par João GALVÃO Il y a 4 ans
Catégories :
Atividades Lisboa

A razão da criação do Todos em 2009 é a mesma que em 2017: Lisboa cidade dialogante com todos

 

Por João Galvão

 

O festival “Todos – Caminhada de Culturas” volta a apelar-nos, a todos nós os que se recusam a seguir o facilitismo da imposição de muros físicos e emocionais, a que nos reunamos de várias maneiras para vivermos o maravilhoso verbo “acolher”.

 

Apesar do mundo e da tecnologia nos possibilitarem estarmos cada vez mais próximos, acontece quase sempre o contrário, estarmos no fundo cada vez mais distantes uns dos outros: ter amigos de facebook não é ter amigos, e o voyeurismo abjeto da vida online, não é, nem perto nem de longe, tão rico nem meritório quanto um tete-a-tete como antigamente, com pessoas físicas.

Habitantes, imigrantes, migrantes, refugiados, fazem cada vez mais parte da equação da vida de cada um de nós, da nossa rua, do nosso bairro, são cada vez mais os Outros com quem nos cruzamos.

 

O festival Todos oferece, a quem queira aceitar, a oportunidade de encontrar através da experiência artística outros valores, outras referências e outras harmonias. A Colina de Santana, desde sempre um espaço de História e de Conhecimento, é o palco que Lisboa oferece para o festival, cheio de pontos carismáticos teia do tecido lisboeta: o Antigo Hospital Miguel Bombarda (para onde iam aos enlouquecidos do século XIX, “para Rilhafoles”, nome da Quinta que deu lugar a este hospício da época), o Jardim do Campo de Santana, o Convento da Encarnação ou a Embaixada de Itália.

Virá gente de África, de Marrocos, Cabo Verde, Moçambique, Guiné e Angola, os refugiados de guerra da Síria e do Irão serão parte de um projeto, o Camboja traz um espetáculo em conjunto com a França, haverá um banquete árabe e um jantar marroquino, e música, imagens, dança, entretenimento e arte de todo o lado e de todos nós.

   

O Todos já tem os seus próprios filhos, um mais antigo, a Orquestra Todos (com elementos de vários países) e um mais recente, a estrear este ano, o Todos Saberes e Sabores Culturais, que promoverá a interculturalidade pela gastronomia. Para já apenas da Índia, o que não é pouco tendo em conta o tamanho da Índia, não é? Os organizadores garantem um selo da garantia que assegura a quem os compra duas vantagens ímpares: preço de mercado competitivo e a autenticidade do sabor e da origem.

 

O Todos é uma iniciativa da Câmara Municipal de Lisboa, do Gabinete Lisboa Encruzilhada de Mundos e da Academia de Produtores Culturais.

Festival Todos – Caminhada de Culturas

8, 9 e 10 de setembro

Colina de Santana, ao Campo Mártires da Pátria

Todo o programa em www.festivaltodos.com

 

Créditos das fotos:

1. Detalhe de foto do site do Festival.

2. Foto de Richard Haughton, no site do Festival.

3. Foto de Rita Antunes, no site do Festival.

4. Foto de Christopher Marc, no site do Festival.