CONTACTO INVESTIR COMPORTA ALGARVE PORTUGAL

Mercado 48, na movida portuense

Mercado 48 Porto
Par João GALVÃO Il y a 3 ans
Catégories :
Turismo Portugal

O Mercado 48 no Porto é caso exemplar de como tirar partido dos novos públicos sem desvirtuar o resto

 

Apesar de contemporânea, é uma loja perfeitamente integrada na rua e no bairro, vivendo às mil maravilhas com a loja de arte e manualidades logo do lado de lá do macadame e com os cafés que já ali devem estar desde as invasões francesas.

Depois de namorarmos longamente a montra – que logo nos cativou quando lá vimos um bicicleta toda em madeira (!) - não resistimos a tentar saber mais sobre o Mercado 48. Falámos com José Moutinho, um dos dois sócios fundadores da loja.

 

Quando abriu?

Em Dezembro de 2014

 

Qual o conceito?

O conceito foi o de criar um espaço virado para o design vintage e contemporâneo, com galeria de arte para artistas emergentes. Um espaço em constante mutação e rotação com uma personalidade única centrada no conceito de "casa" como zona de conforto onde apetece permanecer e voltar e que funcione também como ponto de encontro onde se criam elos de ligação entre artistas, clientes e amigos.

De que marcas se orgulha de vender?

Começamos com a Maufeitio e a Mud (bicicletas de madeira de produção nacional), que estão connosco desde o início, e fazem orgulhosamente parte da nossa identidade.

A partir daí fomos procurando e recebendo propostas de vários artistas e começamos nós também a criar produtos próprios como candeeiros, t-shirts, tapeçarias e botas artesanais.

Um dos nossos maiores motivos de orgulho e razão de sucesso é a enorme quantidade e qualidade de ilustradores.

Artistas portugueses e estrangeiros que tornam o Mercado num caso de sucesso não só pela sua produção artística, mas também pelo facto de serem amigos da casa, estarem frequentemente presentes, convivendo uns com os outros e com clientes, o que gera um ambiente de convívio incrível e uma experiência inesquecível.

Como lhe chegam os artigos vintage?

Os artigos vintage chegam-nos essencialmente dos países nórdicos, embora também tenhamos uma variedade de produtos tipicamente portugueses.

 

Sente que há uma movida no Porto?

Há uma movida no Porto e em constante crescimento, até quando não sei. Há sempre o perigo do aproveitamento ganancioso de cortar a mão que embala o berço.

Uma casa à moda tem que ter obrigatoriamente o quê na decoração?

Uma casa deve ser sempre à moda de quem nela habita. E para isso basta refletir a personalidade de cada um na escolha de cada objecto.

 

Tiro a palavra a José para lhe contar que a  melhor cadeira que tenho em casa veio do Mercado 48. Fiz mais de 300 km para lá e outros tantos cá, só para a ir buscar, e sempre que tenho visitas nunca me consigo lá sentar, tem sempre fila de espera.

 

 

Mercado 48

Rua da Conceição nº 48

4050-213 Porto

Tel: 223 239 326