CONTACTO INVESTIR COMPORTA ALGARVE PORTUGAL

1 dia em Sintra: conheça o roteiro do Lisbonne Idée

Roteiro Sintra
By Inês ALMEIDA . 3 years
Categories :
Atividades Lisboa

Sintra é uma vila de contos-de-fadas situada a 40 minutos de Lisboa

 

Se há desvio que deve fazer numa visita a Lisboa, é rumar a Sintra. Esta vila pitoresca situa-se entre colinas, possuindo uma paisagem verdejante que, preenchida por palácios históricos, nos remete para um cenário de conto de fadas. Com um microclima muito especial, este reduto de tranquilidade atrai a nobreza e a elite de Portugal desde os seus primórdios, daí a abundância de requintados palácios, residências extravagantes e jardins decorativos.

 

A profusão de belos edifícios plenos de história e de paisagens deslumbrantes, faz de Sintra um dos destinos mais turísticos nos arredores de Lisboa. A menos de 30 quilómetros de capital, ou a 40 minutos de comboio, Sintra é o sítio ideal para conhecer durante um dia. Sintra é o primeiro centro de arquitetura romântica da Europa, o que lhe valeu o título de Património da Humanidade na categoria Paisagem Cultural pela UNESCO.

 

Apesar de Sintra ser uma vila relativamente pequena, contém uma série de monumentos históricos e de atrações de tirar o fôlego. No interior de Sintra existem mais de dez monumentos nacionais, que incluem faustosos palácios, ruínas antigas e habitações decorativas. No centro histórico, por seu turno, encontra sinuosas ruas calcetadas, repletas de pitorescas lojas e cafés.

 

 

Centro histórico de Sintra

Centro histórico de Sintra

 

 

Como chegar?

 

A melhor forma de chegar a Sintra é através de comboio, partindo da estação ferroviária do Rossio no centro de Lisboa. A viagem de comboio tem uma duração de 40 minutos, sendo que o bilhete de ida e volta tem o custo de €4,30. O serviço ferroviário começa de manhã cedo e continua operacional até à noite, havendo cerca de três desembarques por hora.

 

É preferível ir de comboio até Sintra do que de autocarro, pois as rotas dos autocarros Lisboa-Sintra têm uma maior duração de viagem e as paragens de autocarro não são tão convenientes como as da estação ferroviária. Não é recomendável ir de carro até Sintra, especialmente nas épocas mais turísticas do ano, uma vez que existem poucos lugares de estacionamento disponíveis.

 

 

A vila

A vila

 

 

O que fazer?

 

Em primeiro lugar, aconselhamo-lo a, caso possa, visitar Sintra durante a semana. Ao fim-de-semana, especialmente na época alta, a vila pode ficar demasiado cheia de turistas. Comece o passeio no centro da vila, na Praça da República. Aqui pode admirar um panorama geral da vila, passear pelas estreitas ruas e parar em lojas para comprar souvenirs. Imperdível mesmo é uma passagem pela Piriquita, para comer um travesseiro de Sintra ou uma queijada.

 

No centro situa-se o Palácio Nacional de Sintra, de onde obtém belas vistas a partir dos seus jardins. Obrigatório mesmo é visitar a Quinta da Regaleira, da qual consegue aceder a pé a partir do centro. Esta é uma obra-prima do estilo neo-manuelino, um monumento classificado como Património Mundial pela UNESCO. Perca-se nos seus belos jardins, cheios de fontes, grutas e passagens subterrâneas, destacando-se o poço iniciático. Este local lindíssimo e fotogénico apresenta sinais de ritos maçónicos.

 

 

Quinta da Regaleira

Quinta da Regaleira

 

 

Depois de visitar a Quinta da Regaleira, que pode demorar cerca de duas horas a percorrer com calma, passe no Palácio de Seteais, um belo edifício do final do século XVIII, que hoje alberga um hotel Tivoli. Admire a vista que se obtém a partir do seu arco, que nos dias de céu limpo, permite ver o Palácio da Pena perfeitamente posicionado, dando belas fotografias.

 

Explorando o centro da vila da parte da manhã, assim como a Quinta da Regaleira, deixe a parte da tarde para conhecer dois impressionantes palácios, o Palácio da Pena e o Palácio de Monserrate. O Palácio da Pena é o monumento mais mediático de Sintra. As suas cores não deixam ninguém indiferente, fazendo parecer que este saiu de um filme da Disney. Esta eclética obra foi classificada como Património da Humanidade em 1995 e foi o monumento mais visitado de Portugal em 2015.

 

 

Palácio da Pena

Palácio da Pena

 

 

O Palácio de Monserrate é um dos mais originais e belos monumentos de Sintra, contendo influências da era medieval e do Oriente. Este foi mandado construir no século XIX e contém um dos mais ricos jardins botânicos portugueses, com cerca de três mil espécies exóticas. Outra vantagem deste palácio relativamente aos demais é que não é tão turístico, tornando-se mais agradável de visitar.

 

Estas são algumas sugestões do que pode fazer num dia em Sintra, mas pode ainda visitar o Castelo dos Mouros, o Convento dos Capuchos, ou mesmo o Palácio Nacional de Queluz (que fica entre Lisboa e Sintra, podendo fazer uma paragem no comboio para ir visitar). Não faltam atividades para fazer nesta belíssima vila, por isso faça questão de a incluir no seu itinerário, caso planeie visitar Portugal.

 

 

Palácio de Monserrate

Palácio de Monserrate

 

 

O que comer?

 

Para brunch:

 

Café Saudade

O Café Saudade é uma casa de chá amorosa, situada junto da estação de comboios. Este espaço homenageia a tradição portuguesa através da sua decoração e contém deliciosas iguarias na carta. Recomendamos o brunch, que lhe irá dar energia para enfrentar um dia de passeio em Sintra.

 

Café Saudade

 

 

Para beber um copo:

 

Bar Moinho D. Quixote

Não é fácil de aceder, mas o Bar Moinho D. Quixote vale a pena o esforço. Situado na encosta da serra de Sintra, possui uma belíssima vista para a praia do Guincho. Além disso, oferece uma carta cheia de cocktails fabulosos, petiscos e sobremesa gulosas. A decoração do espaço é extremamente original, levando-nos a entrar num universo tropical e a esquecer que estamos em Portugal.

 

 

Bar Moinho D. Quixote

 

 

Para lanchar:

 

Piriquita ou Piriquita II

Mesmo no centro da vila de Sintra, a Piriquita é o lugar mais turístico que lhe sugerimos. Isto porque os seus travesseiros são incontornáveis. De massa fina e estaladiça, polvilhados de açúcar e recheados com um guloso creme, são de comer e chorar por mais. Este é um ponto de paragem tão ou mais obrigatório que o Palácio da Pena.     Caso a Piriquita esteja cheia, dirija-se à Piriquita II, que fica na mesma rua, mas mais acima.

 

 

Travesseiros

Travesseiros

 

 

Palácios de princesas, ambiente natural de beleza invejável e deliciosas iguarias são o que vai encontrar em Sintra. De que argumento precisa mais para se deixar convencer?