CONTACTO INVESTIR COMPORTA ALGARVE PORTUGAL

Salsa Rosa Bistro: sabores entre Portugal e Brasil

Salsa Rosa Bistro
By Joana CIDADES . 2 years

Do Brasil para a costa de Portugal, chegam deliciosas iguarias pela cozinha do Salsa Rosa Bistro

 

A cozinha acabou de abrir. João ainda está sozinho, mas já bastante atarefado na preparação da cozinha do número 66 da Avenida Visconde de Valmor. Será mais uma noite de jantares no Salsa Rosa Bistro, um restaurante pequeno e familiar fundado em 2014 pelo casal João e Márcia, que decidiram trazer a paixão pela culinária e pelos sabores menos conhecidos do Brasil até Lisboa.

 

A entrada do novo restaurante, aberto ali em Maio deste ano, é acolhedora e luminosa, convidando-nos a entrar e até a sentar um pouco caso esperemos por uma mesa. De uma pequena sala de 18 lugares, na morada antiga, passaram para um restaurante mais amplo e ainda assim confortável. Há mais espaço entre as mesas, preservando a intimidade dos clientes, e mantém-se a bancada com abertura para cozinha como tinham no antigo restaurnte. É precisamente esta vista que nos chama a atenção: mais que ver a confecção do prato, torna a refeição descontraída, menos formal e bastante mais apetitosa. Manter uma proximidade com o cliente, ainda que com poucos dedos de conversa e uma troca de olhares e sorrisos, é motivador para João. 

 

Salsa Rosa Bistro Lisboa

O Salsa Rosa Bistro tem um novo espaço 

 

 

João é um auto-didata. Após trabalhar vários anos no ramo da informática, João decidiu enveredar pela a culinária. Na verdade, conta-nos que sempre gostou de cozinha e que é no fundo uma paixão antiga, que viu crescer no Brasil quando se mudou de Portugal para lá. Um pequeno restaurante em Minas Gerais, zona interior do Brasil, deu-lhe a experiência e o gosto pelos produtos locais, utilizados numa cozinha que revela ainda como muito tradicional e sem alterações vindas de fora.

 

Em 2014, João e Márcia voltaram para Portugal e desde então dão vida ao gosto pela culinária no Salsa Rosa Bistro em Lisboa. Num bairro calmo e residencial, perto da Fundação Gulbenkian, o restaurante recebe clientes para jantares num ambiente relaxado “como se estivéssemos a jantar em casa de alguém”, diz João. A cozinha deste restaurante inspirado pelos sabores portugueses e brasileiros é, sobretudo, “muito simples, sem grandes pretensões, o que eu gosto de fazer”. Ingredientes frescos e preparados no local são a base de cada prato, onde todos os elementos se interligam na perfeição, balançando doce e salgado, leve e pesado, para uma experiência completa. 

 

Salsa Rosa Bistro Lisboa

Da sala temos vista para a cozinha onde João trabalha 

 

 

Aqui, cozinha-se apenas a 4 mãos. João e Tânia ocupam-se da preparação e confecção dos pratos, enquanto Márcia gere a sala e atende os pedidos. Os nove pratos deixam tempo para haver maior foco e empenho na preparação de cada prato, garantindo sabores surpreendentes ao chegar à mesa. A carta é atualizada conforme a resposta dos clientes ou mesmo do gosto do chef, que gosta de criar e inovar constantemente na sua cozinha. 

Salsa Rosa Bistro Lisboa

O risotto de pequi, fruto Mineiro, que acompanha o prato de espadarte 

 

 

“Eu aqui faço pratos que acho que não há em mais lado nenhum”: ingredientes frescos e misturas feitas no local, pratos de autor que resultam de (boas) ideias. Todos com assinatura muito pessoal, resultantes de experiências feitas na cozinha, e sempre com inspiração da culinária brasileira. O sucesso de alguns pratos é o que os mantém na carta até hoje, como o arroz de polvo. "É um prato muito português" que João revela ser um dos mais pedidos, logo seguido do espadarte com risotto de pequi, "um frutinho amarelo, muito cheiroso”, diz João, e que aqui experimentamos sob forma de pasta para confecionar o arroz. O salmão com arroz de côco é outra hipótese famosa, acompanhado por um chutney caseiro de cebola e ananás que refresca o paladar num prato quente.

 

Salsa Rosa Bistro Lisboa

Salmão com risotto de pequi e chutney de cebola e abacaxi 

 

 

Para amantes da carne, João destaca o lombo porco. A carne com amendôas e vegetais é acompanhada por uma farofa de limão, que refresca e traz consistência a um prato substancial. Ou então lombo de vaca com batata salteadas em manteiga e cebola caramelizada, "um prato que já está conosco desde que abrimos, que nunca tiramos e que é dos que mais vende". Termine com algo doce e com inspiração brasileira, como o petit gâteau com gelado de caipirinha. 

 

Salsa Rosa Bistro Lisboa

A entrada do Salsa Rosa Bistro, no nº66 da Avenida Visconde de Valmor

 

 

Se aguçamos a sua curiosidade, visite o Salsa Rosa para um jantar ainda hoje. Um excelente plano para um jantar a dois ou em grupo, num ambiente descontraído e onde os sabores Mineiros se conjugam com os Portugueses numa refeição surpreendente.