CONTACTO INVESTIR COMPORTA ALGARVE PORTUGAL

Adeste fideles, ou corram corram todos os nataleiros!!

Dream Castilho
By João GALVÃO . 3 years
Categories :
Atividades Lisboa

A decoração feita por quem sabe é uma forma de arte. Destas abaixo, eu teria várias em casa durante todo o ano.

 

Numa atitude nova e inteligente, a promotora imobiliária Vanguard Properties tem feito debutes artísticos nos edifícios em que intervirá mais tarde, tirando partido da bela estrutura encontrada ainda antes do início da obra.

 

Fê-lo antes no belíssimo Radio Palace, na Rua do Quelhas, onde as salas fim-de-século receberam esculturas de artistas nacionais mais recentes, e no sótão uma intervenção multimédia projetada na penumbra.

 

Desta vez coube a sorte ao nº 203 da Rua Castilho, um edifício moderno, uma torre de 14 andares de estrutura envidraçada, com vista a 360º sobre a cidade.

 

Foram 19 os estetas convidados a realizar árvores de Natal em função do seu sentir e do seu pensar. Nesta exposição Dream Castilho havia de tudo, desde o clássico mais clássico que o clássico e por isso tão bom e tão querido, até à total inversão dos sentidos e por isso tão bom na mesma.

 

O leque de artistas era composto não apenas por arquitetos e decoradores profissionais, como se esperaria: um pintor e um escultor, parcelas essenciais ao exercício da decoração, mostraram também a sua visão sobre a Festa da Família.

 

Este debute natalício era já belíssimo ainda antes da intervenção dos decoradores e interioristas; o primeiro piso da torre do nº 203 da Castilho foi deixado numa espécie de estilo MUDE, o museu da moda na Rua Augusta, com a travaria de cimento armado deixado à vista de propósito, diz o MUDE. E dizemos nós também, esta solução expositora é ótima e consequente, quando se quer que a Arte brilhe mais que o espaço, sendo este, ao mesmo tempo, arte em si discreta mas omnipresente.

 

Apesar de todos os elogios anteriores que lhe fiz, esta exposição tinha um defeito: foi curtíssima, merecia mais um mês, pelo menos até dia 6 de janeiro, o dia em que os portugueses desmancham as Árvores de Natal.

 

À esquerda "Stairway to Christmas" por Ding Dong; à direita "Sem Título" por Miguel da Cunha 

 

À esquerda "Rocaille Tree" por Catherine Cabral"; à direita "Pirâmide Invertida" por Elsa & Fernando Hipólito

 

À esquerda "Gentilhommerie" por Miguel A. Rodrigues; à direita "Floresta Lusa" por Puracal

 

À esquerda "Christmas Tree, Lights and Snow" por Sílvia Costa; à direita "Christmas Recipe" por Ana Cordeiro

 

À esquerda "Child's Draw - Desenho de Criança" por Isabel Pires de Lima; à direita "Árvore Encantada" por Rita Salgueiro

 

À esquerda "Objetos de Desejo" por Paulo Campos; à direita "Noel d'Argent" por Pedro Guimarães

 

À esquerda "Natal Mágico" por Casa do Passadiço; à direita "Jungle Life Christmas" por Insight

 

À esquerda "Christmas Paper" por Dino Gonçalves; à direita "Christmas in the Air" por Leonor e Mariana Romba

 

À esquerda "Abraça-me" por Critério; à direita "A Nuvem" por Conceitos de Arte

 

"A Family Portrait" por João Figueiredo