CONTACTO INVESTIR COMPORTA ALGARVE PORTUGAL

Rota do Românico, um passeio com mil anos

Rota do Românico
By João GALVÃO . 2 years
Categories :
Turismo Portugal

O Românico português tem uma Rota online onde melhor se pode apreciar a arquitetura dos tempos em que Portugal nascia

 

 

para ouvir enquanto lê, "Amigo queredes vos Ir", cantiga de amigo portuguesa séc.XIII/XIV, composta pelo rei D. Dinis, interpretada por Paulina Ceremuzynska

 

Porque o país nasceu, ou melhor, foi conquistado, de norte para sul a partir do século XII, a presença do românico é muito mais forte também a norte. São 58 monumentos, concentrados especialmente nos concelhos que integram o Vale do Sousa, que em 1998 criaram esta Rota. A estes – Castelo de Paiva, Felgueiras, Lousada, Paços de Ferreira, Paredes e Penafiel – em 2010 vieram-se juntar os do eixo do Tâmega e Sousa: Amarante, Baião, Celorico de Basto, Cinfães, Marco de Canaveses e Resende.

 

Isto não significa que o Românico português se cinja apenas ao extremo nortenho, há Românico de norte a sul do país – afinal, logo no século seguinte D. Afonso III chegava a Faro, no Algarve, e lá espetava a sua bandeira: o Românico foi o estilo em que foram sendo construídos os edifícios religiosos e militares sobre esta nova terra conquistada.

Mas ao norte o Românico é de alguma forma mais purista e de certa forma específico; o estilo novo, o gótico, começou a entrar em Portugal por volta do século XII – Alcobaça, fundada por monges de Cister, foi o teste de gosto gótico em Portugal, e demorou ainda algum tempo até que este pegasse no resto do país.

A  Rota do Românico tem como núcleo estes 58 monumentos de reconhecidíssimo valor, mas não só. A arquitetura, esta como qualquer outra, só se entende e aprecia profundamente nos seus contextos: as pessoas, para quem é realizada, e as regiões, onde está inserida. A Rota oferece aos visitantes propostas de passeios pedestres ou de bicicleta por trilhos e caminhos e outras aventuras para os mais afoitos, como descidas em rafting pelo Rio Paiva.

Como em todo o país, são muitas as festas e as romarias ao longo do ano, e os mercados populares são também imperdíveis. O site da Rota do Românico tem um eixo de destaques que funciona antes do mais como uma espécie de agenda onde encontra tudo o que a região lhe propõe, dia a dia e concelho a concelho. Por exemplo, já  nos dias 12, 13 e 14 de janeiro não pode perder o terceiro encontro dos Fins de Semana Gastronómicos, que desta vez decorrerá no concelho de Amarante, e que foi todo gizado à volta das artes do Fumeiro, do Cabrito Serrano Assado e dos Doces Conventuais.

 

Para saber mais aceda por favor a www.rotadoromanico.com               

 

 

Fotos do site www.rotadoromanico.com