CONTACTO INVESTIR COMPORTA ALGARVE PORTUGAL

Red Frog, o bar lisboeta na lista de 100 melhores do mundo

Red Frog
By Inês ALMEIDA . 2 years

“O nosso objetivo em três anos é de chegar aos 50 melhores bares do mundo”

 

Quem passa pelo Red Frog, na Rua do Salitre, dificilmente se apercebe da sua presença. Isto porque o bar, apesar dos seus extensos galardões, tem uma entrada discreta que facilmente passa despercebida. Esta identifica-se por um sapo de Bordalo Pinheiro, símbolo do espaço e uma campainha que diz “Press for cocktails”. Este é um bar speakeasy, que foi recolher inspiração aos espaços clandestinos que pululavam nos Estados Unidos durante o período da Lei Seca.

 

O conceito speakeasy está presente em todos os detalhes do bar, desde a decoração, à forma como os empregados se vestem e principalmente no facto de ser uma sala secreta, cujo acesso se faz através da estante que decora uma das paredes do fundo. Esta interessante envolvência dá o mote para uma carta de cocktails tão longa quanto interessante.

 

Neste bar não há medo de inovar, de experimentar as combinações mais originais ou as técnicas mais modernas (como a homogeneização ultra sónica, por exemplo). O Red Frog, desde o dia em que abriu, em Maio de 2015, sempre teve como horizonte posicionar-se entre os melhores do mundo. Este desígnio foi cumprido quando o bar entrou na segunda parte da lista dos The World's 50 Best Bars, ocupando o 92.º lugar. Foi a primeira vez que um bar português integrou esta lista.

 

 

Red Frog

 

 

Ao conversar com Emanuel Minez e Paulo Gomes, co-fundadores do Red Frog, é fácil perceber esta ambição que tem levado este espaço tão longe. Os sócios fazem constantemente viagens ao estrangeiro, não só para fazer colaborações com outros espaços, mas também para absorver o que se faz lá fora. “Começámos de uma maneira diferente. Primeiro focámo-nos no mercado exterior e só depois no mercado interior”, recorda Paulo Gomes.

 

“Os portugueses ainda não percebem muito bem o nosso conceito. Uns queixam-se que a luz é muito escura, outros queixam-se do preço dos cocktails. As pessoas não têm noção, mas os nossos cocktails são muito baratos se os formos comparar aos que se consomem noutras cidades do mundo”, explica Paulo Gomes. “São poucos os sítios que conseguem fazer o trabalho que nós estamos a fazer sem cobrar imenso dinheiro às pessoas”.

 

“Nós trabalhamos com um produto muito caro. Há um grande investimento na matéria-prima, começando logo pela base, o álcool, e depois é tudo o resto, fora os equipamentos, as reparações. Ou seja, temos muito custo para obter este produto final”, afirma Paulo Gomes. “Há pessoas que olham para o que pagam e não para a experiência que podem ter”, acrescenta Emanuel Minez.

 

“Nós subimos 30 lugares de um ano para o outro [no ranking The World's 50 Best Bars]”, conta Paulo Gomes. “O nosso objetivo em três anos é de chegar aos 50 melhores bares do mundo”, afirma Emanuel Minez. “Em dois anos e meio conseguimos ganhar os prémios quase todos", conclui Paulo Gomes. Resta adivinhar quais serão as próximas conquistas do Red Frog. Uma coisa é certa, o que não falta lá é um bom copo para celebrar.

 

red frog

 

 

Red Frog

Endereço: Rua do Salitre 5A, 1250-196 Lisboa

Horário: das 18h00 às 02h00 (de segunda-feira a quinta-feira); das 18h00 às 03h00 (sexta-feira e sábado); encerra aos domingos

Telefone: +351 21 583 1120