CONTACTO INVESTIR COMPORTA ALGARVE PORTUGAL

Há dois monumentos portugueses candidatos a Património Mundial

Património Mundial
By Inês ALMEIDA . 2 years
Categories :
Últimas Notícias

Santuário do Bom Jesus e Palácio de Mafra passaram à fase seguinte da candidatura

 

Dois monumentos portugueses podem vir a ser considerados Património Mundial da UNESCO em breve. O Santuário do Bom Jesus do Monte, em Braga, e o Palácio de Mafra passaram à fase seguinte da candidatura, de acordo com as informações prestadas à Agência Lusa pela Comissão Nacional da UNESCO. Rita Brito, secretária-executiva da Comissão Nacional da UNESCO, as candidaturas foram entregues no final do mês de janeiro, sendo que agora se segue um “longo processo”.

 

“Agora vão passar para a fase de avaliação pelo ICOMOS [Conselho Internacional de Monumentos e Sítios]. É um longo processo e a recomendação que vão fazer pode ser de diversos tipos. Só no ano que vem é que serão apresentadas, na melhor das hipóteses, ao Comité do Património Mundial”, explica a secretária-executiva da Comissão Nacional da UNESCO.

 

Entre a apresentação da candidatura e o momento da decisão do comité há um período de espera mínimo de 18 meses. O processo de atualização da lista indicativa de Portugal ao Património Mundial foi entregue em maio de 2016, aquando da “recomendação da UNESCO de que as Listas Indicativas dos Estados parte na Convenção do Património Mundial sejam atualizadas a cada dez anos”.

 

Em maio de 2016 foram apresentados 21 monumentos ou locais portugueses como potenciais candidatos a Património Mundial, entre os quais se contam o Aqueduto das Águas Livres, os Caminhos Portugueses de Peregrinação a Santiago de Compostela, o Edifício-sede e Parque da Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa, o Conjunto de Obras Arquitetónicas de Álvaro Siza em Portugal e, claro, os dois monumentos que estão a ser considerados, entre outros.

 

Atualmente, Portugal conta com 15 monumentos ou sítios classificados como Património Mundial da UNESCO. A atribuição começou em 1983, com quatro locais: o Centro Histórico de Angra do Heroísmo, o Mosteiro dos Jerónimos e a Torre de Belém, em Lisboa, num conjunto de proximidade, o Mosteiro da Batalha e o Convento de Cristo, em Tomar.

 

 

Fonte: Nit