CONTACTO INVESTIR VIVER COMPORTA ALGARVE PORTUGAL

Private Dancer: o Studio 54 para quem nunca lá foi

Festa Private Dancer
Par João GALVÃO Il y a 3 Mois
Catégories :
Cultura

A festa Private Dancer nasce para celebrar o disco. E, se conseguir convencer a Madonna a aparecer, a organização oferece-lhe bilhetes para a zona vip

 

Será no recém renovado Pavilhão Carlos Lopes ao Parque Eduardo VII que, no dia 12 de maio, vamos poder dançar ao som do lendário dj John “Jellybean” Benitez, o produtor que transformou o “Holiday” de Madonna no sucesso que é.  É com o seu toque que o antigo Pavilhão de Desportos se transformará numa espécie de Studio 54 revisitado, captando a irreverência e a extroversão desses tempos míticos, de quando nasceu o disco.

Fachada do renovado Pavilhão Carlos Lopes, agora cedido à Associação de Turismo de Lisboa, é o palco escolhido para a festa Private Dancer

 

Além do mítico dj estarão também presentes outros nomes reconhecidos da noite portuguesa, como os djs Kelson Costa, Sofia Gião, Miguel Simões ou Adriano Magone.

O dj Jellybean Benitez, a cabeça de cartaz da festa. Talvez Madonna apareça para lhe dar um beijinho

 

A organização criou um ‘gancho’, aproveitando a atuação de “Jellybean” Benitez e a presença de Madonna em Lisboa como residente famosa. No passado dia 9 de abril lançou um concurso a todos os portugueses, desafiando-os a convidarem pessoalmente a expat mais famosa de Lisboa, Madonna, a comparecer na Private Dancer. O concurso, feito via páginas Facebook e Instagram do evento, estará no ar até dia 22 de abril e no dia 23 serão eleitos os 5 melhores e mais originais convites. Entre 24 e 30 de abril serão colocados os 5 melhores para votação do público nas duas redes sociais do evento, de onde sairão os dois grandes vencedores de 4 bilhetes vip, cada, para a grande noite.

Sílvia Rizzo e Manuel João Vieira, os embaixadores da festa

 

São muito bem conhecidos do grande público os nomes encontrados pela organização para servirem de embaixadores ao evento: a atriz Sílvia Rizzo e o músico Manuel João Vieira. “É uma honra estar associada a este evento que vai juntar várias gerações que gostam de ouvir e dançar os grandes hits dos anos 70 e 80, como eu. Além disso, eu e o Manuel João vamos fazer tudo para levar connosco a Madonna...não percam”, diz Sílvia Rizzo.

 

O evento está direcionado para um público, preferivelmente, com mais de 40 anos. São estas as pessoas com memórias das décadas de 70 e 80, de quando nasceu o disco e , por tabela, foi criado o clubbing. Este é, afinal, um tipo de público que gradualmente se vem afastando dos atuais espaços de diversão, por falta de identificação com os ambientes propostos, com a música que passa e com as restantes as pessoas e respetivos comportamentos.

 

A ideia geral passa por fazer da festa Private Dancer uma recriação livre das noites no Studio 54, onde imperavam o glamour, a fantasia e a sofisticação. E de quando eramos todos tão novos, brilhantes e felizes.

 

A entrada custa 35 euros e os bilhetes estão disponíveis aqui.

 

 

Foto de Jellybean Benitez retirada do FB do próprio

Foto de Sílvia Rizzo por Andreia Carvalho / World Academy

Foto de Manuel João Vieira por Patrícia Silva / World Academy

Foto do Pavilhão Carlos Lopes do site da Câmara Municipal de Lisboa