CONTACTO INVESTIR COMPORTA ALGARVE PORTUGAL

The Indy House - Férias Em Casa

The Indy House
Par Francisco CANDEIAS Il y a 1 mois
Catégories :
Lisboa

The Independente Collective abre nova casa em Lisboa

 

Onde quer que se vá, não é difícil encontrar alojamento que afirme a sua vontade de ser uma segunda casa. No entanto, não é, também, difícil chegar à conclusão de que muitos deles, se não a maior parte, falha. Por muito confortáveis que nos sintamos, é impossível sentir que aqueles sítios de corredores atapetados, simétricos e sem fim sejam mesmo a nossa casa, ainda que por uns dias. 

 

Detalhe de um quartoSala de um dos apartamentos

 

Embora o The Indy House, o novo projeto do grupo The Independente Collective, tenha por base o mesmo conceito, é pioneiro na medida em que consegue, realmente, levá-lo a bom porto. Vamos por partes.

 

Antes de mais, o espaço. O fenómeno não é raro em Lisboa. Antigo palácio vira espaço comercial, ou de alojamento, galeria de arte ou outra coisa que o valha. O que é certo é que normalmente acaba descaracterizado, porque na maior parte dos casos os corredores sinuosos, as divisões de áreas tão aleatórias que parecem ter sido construídas ao acaso e tantas outras particularidades de imprevisíveis casas antigas não servem para aquilo que se pretende construir. 

 

Entrada principal para o Indycorredor quartos

 

A não ser que o que se queira construir seja, exactamente, uma casa. É aqui que entra o The Indy House. Feitas as devidas obras, o propósito inicial daquele palácio em pleno Intendente não foi esquecido, mas realçado. 

 

Nada foi deitado abaixo. Entra-se por um grande portão para um pátio onde está a receção, e, cumpridas as formalidades, daí para a área de habitação. 

 

Receção Indy Hostel

 

Aqui, encontram-se 34 quartos espalhados por 5 pisos. Todos acolhem duas pessoas confortavelmente e alguns ainda oferecem detalhes únicos devido à sua arquitetura original, como cantos de leitura, por exemplo. Há também apartamentos (T1 ou T2) no último andar, onde as opções de alojamento se alargam.

 

Quarto com papel de parede com flamingoscama queen size quarto águas furtadas

 

Existe uma cozinha de apoio para cada 7 quartos, onde todas as manhãs o pequeno-almoço é servido entre as 7h30 e o meio-dia. A ideia é não ter de o obrigar a acordar cedo apenas para cumprir a obrigação de aproveitar o pequeno-almoço incluído na estadia. Estas cozinhas são tão pessoais que se poderiam confundir com a "lá de casa". Pequenas e muito “reais”, convidam a uma conversa entre "colegas de casa" antes de o dia começar. 

 

Cozinha partilhadapequeno almoço

 

A sala é igualmente acolhedora e imaginam-se hóspedes (ou habitantes) reunidos à volta não da lareira mas do Netlfix ou sentados em poltronas a ler como se estivessem em casa. Daqui passa-se para o jardim onde são realizados alguns eventos e todos os dias há uma “happiest hour” ao fim da tarde em que, durante algum tempo, as bebidas se tornam gratuitas. 

 

LoungeVista do lounge

 

A decoração da casa também tem que se lhe diga: os bidés tornados vasos, espalhados pelos degraus das escadas, podem causar admiração aos mais tradicionalistas e o papel de parede invulgar pode suscitar reações intensas. Cada andar está decorado com um papel de parede diferente, embora todos eles partilhem algo: representam um pássaro tropical. Segundo consta, os flamingos são aqueles que mais dividem os hóspedes. 

 

mesa de jardim

 

Digam o que disserem dos flamingos, temos a certeza de que o The Indy House vai ser muito falado quando o assunto for a hospitalidade lisboeta. E, quem sabe, não tenha este novo projeto do The Independente Collective começado uma nova moda em Lisboa, a de ir passar férias a casa. 


Informações Práticas

Onde: Rua Maria da Fonte 25, 1170-013 Lisboa

Contactos: +351 21 346 13 81

Reservas aqui.

Mais info em theindy.pt.