CONTACTO INVESTIR COMPORTA ALGARVE PORTUGAL

Anabela Baldaque, a insustentável leveza do vestir

Anabela Baldaque
Par João GALVÃO Il y a 5 ans
Catégories :
Entrevistas

Se segue a moda, como eu, à procura de quem é um estilo, tem que saber mais sobre a Anabela Baldaque

 

Conheci a Anabela há 30 anos, no Porto, eu estagiava e ela começava já a aparecer com boa roupa de jovem autora. Foi num espaço da Rua da Torrinha que já fechou, mas na altura fervilha de gente excêntrica. Menos a Anabela, que na altura me fez lembrar uma espécie de Carolina Herrera no Studio 54 algumas décadas antes; uma garota clássica e correta, no meio de um monte de ‘peixes tropicais’ com os lados da cabeça rapados vestindo spandex cor-de-laranja e napa preta, com tachas metálicas.

 

Anabela Baldaque é sempre na sua roupa – como na atitude - correta, etérea e desejável. Para mim vai ser sempre motivo de curiosidade, saber o que fez nesta e noutras estações. É mais que moda, é já um estilo, daqueles que ficam e não voam no sopro do tempo.

30 anos depois voltámos a falar e contamos-lhe tudo. O blog pode chamar-se Lisbonne-Idée, mas ao Porto para visitar a Anabela vai-se sempre bem.

 

Porque para além de excelente estilista é também uma excelente conversa, esta entrevista é toda à queima-roupa; deixamos a conversa mais longa para si, quando a visitar na linda loja-atelier junto à Foz, no Porto.

 

Como defines a tua linha criativa?

Elegante, romântica e audaz.

 

A tua roupa é para seduzir ou ser seduzida?

Seduzida.

 

Se tivesses imenso dinheiro agora, que peça de roupa e de quem é que compravas?

Casacos da Ratatui.

 

Se não fizesses roupa farias o quê?

Cerâmica.

 

Não passas sem ...?

Rir.

 

Sempre que podes fazes o quê?

Salto à corda.

 

O que te chateia profundamente?

Lixo no chão.

 

O que tem sempre que haver num teu espaço?

Flores.

 

E o que nunca pode lá entrar?

Gente pessimista.

 

Não sais de casa sem...?

Chaves.

 

Se mandasses no mundo decretavas o quê já?

Acabava com o dinheiro e voltávamos às trocas.

 

Se fosses uma peça de roupa serias o quê?

Um vestido.

 

http://www.anabelabaldaque.pt