CONTACTO PORTUGAL COMPORTA ALGARVE INVESTIR VIVER
Arco da Rua Augusta

Contemple o Tejo e a Baixa no majestoso Arco da Rua Augusta

O miradouro situado no topo do arco proporciona uma vista ampla para a toda a Praça do Comércio e Baixa Pombalina.

 

O Arco Da Rua Augusta é um arco triunfal localizado na parte norte da Praça do Comércio, sobre a Rua Augusta, situada na Baixa Pombalina de Lisboa. A construção deste arco foi programada em 1759, no âmbito da reconstrução pombalina após a destruição da baixa da cidade devido ao terramoto de 1755. Foi projetado como porta de entrada para a cidade, mas a versão que existe atualmente foi concluída um século depois, em 1975.

 

 

De estilo neoclássico, este majestoso arco de triunfo funciona como uma porta para o mar e uma porta para a cidade. Na parte superior do arco encontram-se as esculturas de Célestin Anatole Calmels, que representam a Glória, coroando o Génio e o Valor. E na parte inferior encontram-se as esculturas de Vítor Bastos, que representam Nuno Álvares Pereira, Viriato, Vasco da Gama e Marquês de Pombal. Na lateral esquerda encontra-se esculpido o rio Tejo e na direita o rio Douro, que delimitam a região onde alegadamente viviam os Lusitanos.

 

 

A inscrição latina que se encontra no topo do arco triunfal remete para a grandiosidade do Império Português e a expansão portuguesa ao encontro de povos desconhecidos. No lado voltado para a Rua Augusta encontra-se um relógio monumental com motivos naturalistas. Todo o monumento foi restaurado no ano de 2013, data em que também foi colocado um elevador no interior para permitir visitas ao miradouro situado no topo do arco, que proporciona uma vista ampla para a toda a Praça do Comércio e Baixa Pombalina.

 

Miradouro do Arco da Rua Augusta, Lisboa