CONTACTO PORTUGAL COMPORTA ALGARVE INVESTIR VIVER
Palácio de São Bento

Palácio de São Bento, um exemplar de arquitetura neoclássica

Pode visitar o interior do Palácio de São Bento ao sábado por marcação prévia

 

O Palácio de São Bento é um majestoso palácio neoclássico situado em Lisboa, que é a sede do Parlamento de Portugal desde 1834. A sua construção decorreu no século XVI como mosteiro beneditino e, com a extinção das ordens religiosas em Portugal, passou a ser propriedade do Estado. Depois da implementação do regime liberal tornou-se sede das Cortes Gerais da Nação, passando a ser conhecido como Palácio das Cortes ou Parlamento.

 

 

Foi em meados do século XX que se passou a utilizar a designação de Palácio de São Bento, que se manteve até 1976, quando passou a ser a sede da Assembleia da República. Ao longo dos séculos, o palácio foi sofrendo uma série de grandes obras de reabilitação, no interior e exterior, que o tornaram totalmente distinto do antigo Mosteiro.

Palácio de São Bento, Lisboa

Quem se depara com o Palácio de São Bento vê um edifício imponente com uma grande escadaria ladeada por dois leões. Na fachada encontram-se quatro estátuas alegóricas femininas, que representam a prudência, a justiça, a força e a temperança. As esculturas localizadas no tímpano representam, por seu turno, áreas várias tais como a indústria e o comércio.

 

 

O interior do palácio é igualmente grandioso, repleto de alas e de obras de arte portuguesas de diferentes épocas. Este abre apenas ao público durante exposições temporárias e no último sábado de cada mês, em que se pode fazer visitas gratuitas com marcação prévia, que incluem uma passagem pelo jardim. Este jardim também faz parte do palacete de São Bento nas traseiras, a residência oficial do Primeiro-ministro.