CONTACTO INVESTIR COMPORTA ALGARVE PORTUGAL

Os macarons da Ladurée estão a chegar à Avenida da Liberdade

Macarons Laduree
Par Inês ALMEIDA Il y a 4 ans

Os coloridos macarons da Ladurée são famosos no mundo inteiro

 

Quem viu o paraíso visual em tons pastel em que consiste o filme Marie Antoinette (2006) de Sofia Coppola, certamente se recorda dos bonitos exemplares de pastelaria que desfilavam perante os olhos do telespetador. Antigamente quem queria provar os famosos macarons da casa parisiense Ladurée, fundada em 1862, tinha de o fazer em Paris, ou nos outros países onde a marca se encontra.

 

A boa notícia? Os deliciosos macarons da Ladurée estão a chegar a Lisboa, mais precisamente à Avenida da Liberdade. Não acredita em nós? Basta passar no Tivoli Fórum e olhar para a loja Fashion Clinic, que se encontra em remodelações para receber a filial da casa parisiense. Os responsáveis pelo novo espaço da Ladurée vão ainda abrir um restaurante no Teatro Tivoli, chamado Je Ne Sais Quoi, com um bar no piso debaixo.

 

E o que torna os macarons da Ladurée tão especiais? A palavra macaron tem raízes italianas na palavra “maccherone”, que significa massa fina. Esta especialidade francesa deriva do merengue, tem 4 a 5 centímetros de diâmetro e resulta de uma mistura de amêndoas, açúcar e claras de ovo. Num misto de bolo e biscoito, o macaron é estaladiço por fora e macio no interior, desfazendo-se na boca.

 

Macarons Ladurée

 

Diz a história que os macarons foram inventados em Itália na Idade Média e que chegaram a França por iniciativa de Catherine de Médicis no século XVII, quando esta casou com o futuro rei, o Duque de Orleães. A receita rapidamente se expandiu por toda a França. A origem do macaron parisiense como se conhece hoje remonta ao século XIX, tendo sido inventado por um antepassado da casa Ladurée.

 

Os macarons da Ladurée assumem várias cores com diferentes sabores correspondentes. Encontra as pequenas delícias de amêndoa nos sabores mais tradicionais, como chocolate, baunilha, café, pistácio, framboesa, amora, menta e coco. E também em sabores mais inesperados, como marshmallow, pétala de rosa, caramelo salgado ou cereja.

 

O macaron é uma referência em França no que toca à pastelaria de luxo, sendo que os grandes chefes rivalizam em ideias para criar novas variantes. Nos últimos anos, os petit-fours parisienses ganharam fama além-fronteiras e tornaram-se um dos doces mais apetecíveis e partilhados em redes sociais, como o Instagram. E nada melhor para os comer que a sua casa de origem. Brevemente em Lisboa, perto de si.