CONTACTO INVESTIR COMPORTA ALGARVE PORTUGAL

Em Óbidos me fez cativo - o Mercado Medieval

Mercado Medieval Óbidos
By Joana CIDADES . 2 years
Categories :
Turismo Portugal

Deve haver em Portugal mais Feiras Medievais por agora do que na Idade Média. Mas ao Mercado Medieval de Óbidos tem mesmo que ir.

 

Por João Galvão

 

Chega o verão e chegam 500 feiras medievais. Todas iguais, sempre, e mais ou menos coxas e mal desenhadas. Falta sempre qualquer coisa, ou sítio ou animação ou adereços ou espírito.

 

A de Óbidos é a exceção. Óbidos é o cenário ideal para uma coisa medieval, seja ela qual for, até uma Feira. A muralha,  praticamente toda passeável, circunda uma vila quase parada no tempo e impecavelmente mantida, quer por quem lá vive quer pela Tutela.

A animação é ótima, e inclui justas com lanças e espadeirada, a cavalo e aos gritos, como deve de ser. Há mercados de época e tendinhas de licores misteriosos, servidos em pequenas caveiras de louça enquanto os taberneiros nos gritam impropérios em português antigo e castiço.

 

Os adereços estão garantidos, e logo à entrada da vila, na porta principal, há máscaras medievais para entrar verdadeiramente na persona. Pode ir de Dona Urraca da cabeça aos pés, ou, como eu, pedir a mais bela e ampla capa preta a rojar o chão; fica bem com tudo e não faz figuras. E às 11 da noite vai dar imenso jeito, que no campo refresca.

 

O espírito resulta de tudo isto o que já dissemos. Óbidos é sempre o melhor dos destinos se o que nos apetecer for Robin Hood. Mas com o Mercado Medieval a vila parece fazer ainda mais sentido, e quase nos esquecemos que temos relógios nos pulsos e que vamos pagar o jantar com cartão de plástico.

 

O programa tem vários pontos imperdíveis, e este ano é especial, dedicado à mulher. A vila tem uma longa e tradicional relação com elas, princesas, mouras, rainhas e artistas. Esta edição do Mercado serve também como um pedido de desculpas oficial, por parte deles, dos homens, pelos tempos em que desconheciam e temiam a Mulher, como entidade misteriosa, sedutora, e no fundo das cabeças masculinas, má.

 

De resto, o Mercado Medieval de Óbidos tem tudo o que se esperaria: uma caravana moura, demonstrações de falcoaria, torneios, jograis e mercados temáticos.

Se perder o Mercado Medieval deste ano, não faz mal, vá na mesma. Óbidos tem desde há alguns anos o FOLIO, o Festival Literário de Óbidos, com encontros, feiras, debates e tudo à volta do mundo dos livros. Este ano decorre entre 19 e 20 de outubro. Mas a vila tem um cerne pitoresco e livreiro durante todo o ano; deve ser a única localidade que na mesma rua tem uma igreja católica convertida em livraria, um hotel decorado com livros por todo o lado e um mercado biológico, num vasto e agradável celeiro, que vende pelas paredes e ao meio, em mesas baixas e iluminadas, livros nem sempre novos mas sempre interessantes.

 

Até 6 de agosto, em Óbidos.

 

Para saber preços e tudo o resto vá a www.mercadomedievalobidos.pt