CONTACTO INVESTIR COMPORTA ALGARVE PORTUGAL

Preços dos hotéis em Portugal sobem 10% no último ano

Hotéis em Portugal
By Inês ALMEIDA . 1 year

Portugal é o segundo país europeu onde os preços da hotelaria têm subido mais

 

Em 2017, os turistas que visitaram Portugal contribuíram, em média, com 41 milhões de euros por dia na economia do país. Uma grossa fatia deste valor foi gasta em compras de luxo e refeições em restaurantes lusos com estrela Michelin. No entanto, o custo das diárias dos hotéis também subiu para acompanhar a tendência de aumento do número de hóspedes. Apesar disso, os preços médios dos hotéis em Portugal ainda estão longe de se equiparar aos cobrados na grande maioria dos destinos europeus.

 

Os preços médios dos hotéis portugueses aumentaram 33% na última década, sendo que só em 2017 se deu um aumento de 10%, de acordo com os dados recolhidos pela Associação da Hotelaria de Portugal (AHP) junto dos seus associados. A consultora internacional STR, por seu turno, considera que este aumento foi mais elevado, apontando para os 13,2%.

 

Cristina Siza Vieira, presidente executiva da Associação da Hotelaria de Portugal (AHP), considera que “temos crescido em preços ao mesmo ritmo do setor e é um crescimento completamente equilibrado”. Em 2007, antes de estalar a crise financeira em Portugal, uma noite num hotel português custava, em média, 66 euros. Depois da crise, os preços no setor sofreram um decréscimo acentuado.

 

A recuperação dos preços dos hotéis portugueses começou em 2014, sendo que no final de 2016 o preço médio da noite num hotel em Portugal rondava os 80 euros. No final de 2017, este valor fixou-se nos 88 euros, mais 33% que em 2007. Este aumento dos preços está relacionado com o aumento da procura turística por mercados que tradicionalmente pagam melhor, como o norte-americano, chinês ou brasileiro, que regra geral preferem hotéis de quatro e cinco estrelas.

 

“Não nos podemos esquecer de que a economia cresceu 2,7% no ano passado, e a maior procura do turismo interno também ajuda”, sublinha Cristina Siza Vieira, relembrando o contributo do boom turístico de Lisboa, Porto, a solidez da Madeira e o peso do Algarve, sempre lotado no verão. “Estamos a crescer sustentadamente em preços, como tem acontecido no resto da Europa”, conclui.

 

 

Fonte: Dinheiro Vivo

Photo Credit: Evolutee Hotel Óbidos