CONTACTO INVESTIR COMPORTA ALGARVE PORTUGAL

Arquiteto Stephen Bates vai estar no ciclo Distância Crítica

Stephen Bates
Par Inês ALMEIDA Il y a 6 Mois
Catégories :
Atividades Lisboa

Não perca amanhã, no CCB, a apresentação do famoso arquiteto britânico Stephen Bates

 

Stephen Bates, um dos responsáveis pelo recém inaugurado KANAL – Centre Pompidou em Bruxelas é o próximo convidado da conferência Distância Crítica. Esta é coproduzida pela Trienal de Lisboa e o CCB - Garagem Sul.

 

A Trienal de Arquitectura de Lisboa e o Centro Cultural de Belém continuam a apostar em apresentar, em discurso direto, os grandes nomes da arquitetura contemporânea.

 

No dia 15 de Maio, pelas 19h00, no Grande Auditório do CCB, o escolhido é o atelier britânico Sergison Bates que vem apresentar, em conferência, a ampla experiência que o atelier de que é fundador adquiriu no trabalho em escala que tem vindo a desenvolver.

 

Fundado em 1996 por Stephen Bates e por Jonathan Sergison, o atelier Sergison Bates arrecada a reputação de ser um dos melhores no Reino Unido, dedicando-se a projetos que vão da arquitetura à reabilitação e ao planeamento urbanos, passando pela construção de edifícios públicos ou de habitação. No seu portfolio, contam já com casas, escolas, bibliotecas, lares de idosos, creches escritórios e plantas urbanas para locais como Londres, Dublin, Puglia, Malmo, Genebra e Antuérpia.

 

Os seus projetos destacam-se pela atenção que dão ao contexto onde se inserem e aos materiais utilizados na construção, com particular preocupação por questões de sustentabilidade ambiental, social e económica. Têm como objetivo, criar uma arquitetura contemporânea guiada pelo design, cuja abordagem é fundada na pesquisa e sustentada pelo trabalho académico, mas totalmente dirigida à utilização pelas pessoas.

 

O reconhecimento crítico nacional e internacional valeu-lhes vários prémios como o RIBA, o Erich Schelling e a Medalha de Ouro Heinrich Tessenow.

 

“Existe uma verdadeira compreensão do significado da cultura material no seu trabalho, combinada com um sentido radical de provocação. Radical no sentido etimológico da palavra, porque vai até à raiz, à radice, às origens do nosso património histórico, tipológico e material, entendido como a principal referência numa arquitetura que pretende ter um sentido do tempo da cidade como uma construção cultural coletiva” Inãki Abalos, Professor na Escola de Design da Universidade de Harvard, in Introdução da Lecture: Jonathan Sergison and Stephen Bates*

 

Após a apresentação de Stephen Bates, seguir-se-á o habitual momento de Q&As moderado pela arquiteta Cristina Veríssimo.

 

 

Fonte: Comunicado de Imprensa