CONTACTO INVESTIR COMPORTA ALGARVE PORTUGAL

O pôr-do-sol é mais belo no Cais Palafítico da Carrasqueira

Cais Palafítico da Carrasqueira
By Inês ALMEIDA . 2 years

Quer mais um motivo para visitar a Comporta? Descubra o Cais Palafítico da Carrasqueira

 

Caso conheça a Comporta, provavelmente já viu ou ouviu falar do Cais Palafítico da Carrasqueira. Se não ouviu, ainda vai a tempo, pois este é um dos segredos mais belos da região e, sem dúvida, o melhor sítio para fotografar o pôr-do-sol na Comporta. Este situa-se junto à aldeia piscatória da Carrasqueira e foi idealizado para solucionar o problema do acesso aos barcos ao porto durante a maré baixa.

 

Devido às margens baixas e lamacentas do rio Sado, o acesso das embarcações ficava muitas vezes impossibilitado quando a maré baixava. Por isso a comunidade construiu um cais de madeira, com múltiplos braços que penetram em ziguezague pelo sapal, formando uma área de atracação de barcos e, simultaneamente, um passadiço por onde facilmente circulam redes, apetrechos e pescado.

 

 

Cais Palafítico da Carrasqueira

O pôr-do-sol no Cais Palafítico da Carrasqueira

 

 

O Cais Palafítico da Carrasqueira serve de ancoradouro às embarcações locais e é hoje um dos locais mais visitados do concelho. Esta obra-prima da arquitetura popular foi erigida nas décadas de 50 e 60, sendo única na Europa. O famoso cais da Carrasqueira foi construído com estacas de madeira irregular, aparentemente frágeis, que formam um belíssimo recorte no horizonte, especialmente em contraste com o pôr-do-sol.

 

Hoje este cais é também um ponto de atração turística, mas continua a cumprir a missão para a qual foi construído, vencer o lodo e permitir o acesso dos pescadores aos barcos durante a maré baixa. É um local muito visitado pelos amantes da fotografia, que assomem ao cais especialmente na “hora dourada”, quando o sol se põe no mar, inundado o famoso Palafítico da Carrasqueira com uma luz mágica, com a Arrábida e o estuário do Sado como pano de fundo.

 

A Carrasqueira é uma pequena povoação rural e piscatória, situada na margem esquerda do estuário do Rio Sado. Esta faz parte da freguesia da Comporta, situada no concelho de Alcácer do Sal. A península de Tróia pode ser avistada a poente. De um lado encontram-se as belas e extensas praias de areia branca e do outro o estuário com os seus sapais.