CONTACTO INVESTIR COMPORTA ALGARVE PORTUGAL

Outlet Bordallo Pinheiro: Tradição a Baixo Custo

Outlet Louça Bordallo
By João GALVÃO . 10 Month

Todos os motivos são bons para ir às Caldas da Rainha: o parque, as cavacas, o museu, a gastronomia, tudo. Para uma boa digestão de tudo isto, suba a rua até à Fábrica Bordallo Pinheiro e carregue depois 20 kg de boas compras...

 

Saída da fervilhante imaginação de Raphael Bordallo Pinheiro, esta cerâmica tem as suas raízes formais não só no trabalho do ilustre artista, mas também na Arte Nova que vigorava na época em todo o mundo, a qual Raphael transpôs, através de um crivo popular e pitoresco, para um gosto nacional, na sua maioria sem pretensões por demais refinadas. 

Taça em cerâmica relevada e vidrada, 1 euro, acredita?

 

Porque o que de que aqui falamos não é da fina porcelana para as mesas fidalgas, aqui é a louça decorativa ou utilitária do dia-a-dia de antigamente, que voltou à moda tanto pelo gosto vintage que os modanti apregoam, como pelos revivalismos nacionalistas contra a corrente globalizada.

Prato de bolo da coleção Couve, na mais recente cor branca

 

A marca pode ser comprada em dois corners do El Corte Ingles, Lisboa e Porto, ou nas cerca de 30 lojas da rede da Vista Alegre ao longo de todo o país – em 2009, já depois de ter comprado a Vista Alegre, o grupo Visabeira adquiriu também a Bordallo Pinheiro. Por isso, nos espaços de loja, a obra de Raphael tem que disputar presenças com toda a restante produção em porcelana Vista Alegre e com o cristal da Atlantis.

A Fábrica de louça Bordallo Pinheiro, nas Caldas da Rainha, onde encontra também o outlet com preços inacreditáveis.

 

Mas, na Fábrica, nas Caldas, existe um largo espaço onde a Bordallo Pinheiro impera sozinha. Não só a louça utilitária, e nem por isso menos bela, mas toda a fantasia que nos faz apaixonar pela marca: jarras em cores irresistíveis decoradas com lagartos ou as rãs tão da casa, macacos furiosos na ponta de uma corda ou travessas com libélulas que quase quase dizem Lalique. 

Travessa da coleção Couve, na mais recente cor branca

 

Mas não só, a Bordallo não parou no tempo e actualiza constantemente formatos e decorações e sempre a preços sedutores. E se for até ao fim da loja e subir uma pequena escada, então encontrará o paraíso dos agarradinhos-às-compras: “um outlet onde se pode ter acesso a produtos que só ali se encontram” diz-nos Nuno Barra, diretor de marketing e product design

Queijeira da coleção Couve, na nova cor branca

 

E não pela razão que se esperaria, defeitos ou imperfeições, mas sim porque são de gamas anteriores mas nem por isso fora a de moda.

 

Por uma questão de gosto pessoal, as fotografias dos produtos que ilustram este artigo são todas edições em branco: cá em casa é o que rola agora, este semestre somos todos modernos e prá-frentex. Mas gaste alguns minutos no site da marca, e veja como o uso da cor foi metade do sucesso do mestre Raphael Bordallo Pinheiro, e porque tanta gente ao redor do mundo o compra. Mas não se esqueça, fica segredo nosso, para comprar low-cost, vá almoçar às Caldas e  depois passe na fábrica.

Prato de doce relevado e vidrado, um achado de 2 euros no andar de cima.

 

As Caldas da Rainha ficam a 20 minutos ou a hora e meia de distância, depende do carro e do peso do pé. Para mim, ficam a um livro de histórias de distância, tal é o prazer de lá ir.

 

Rua Rafael Bordallo Pinheiro nº53

2500-246 Caldas da Rainha

T: 262 880 568

Foto de abertura por