CONTACTO INVESTIR COMPORTA ALGARVE PORTUGAL

Não perca o festival Lisboa Mistura na Ribeira das Naus

Lisboa Mistura
Par Inês ALMEIDA Il y a 6 ans
Catégories :
Atividades Lisboa

O Lisboa Mistura junta concertos de músicas do mundo, gastronomia e arruadas

 

 

A 11.ª edição do Lisboa Mistura vai realizar-se junto ao Tejo, na Ribeira das Naus, em Lisboa, de 19 a 22 de Julho. Este festival cosmopolita inclui gastronomia, arruadas e concertos de músicas do mundo. A edição deste ano tem duas mudanças, passou do Intendente para a Ribeira das Naus e a programação ficou mais feminina. Todos os cabeças-de-cartaz do Lisboa Mistura em 2017 são mulheres.

 

Como o Lisboa Mistura se passa junto ao Tejo, foi a água, que é um elemento feminino, que deu o mote à programação. “A ideia de trazer para o Lisboa Mistura gentes da Índia, da Turquia, África é a ideia inicial da mistura. Mostrar novas formas que nos podem inspirar a nós próprios, abrirmo-nos a outras culturas, termos, no fundo, uma capacidade maior de nos ligarmos aos outros”, explica o diretor, o músico Carlos Martins.

 

O festival começou ontem com o concerto do colectivo belgo-colombiano La Chiva Gantiva. "Como entidade apoiada pela cidade de Lisboa, achámos que deveríamos dar a nossa contribuição para o reforço da ideia de Lisboa Capital Ibero-Americana", justifica Carlos Martins a propósito da escolha da banda. A programação conta com música de Marrocos, que se junta ao jazz e a outros ritmos africanos.

 

Além da música, este festival também inclui outras atrações, como a Oficina Portátil da Arte. "Traz sempre vários jovens, homens e mulheres, da periferia para o centro, uma coisa importantíssima, onde se pode apresentar, nas mesmas condições que qualquer grande artista", afirma Carlos Martins.

 

Acerca da mudança de localização do Lisboa Mistura, Carlos Martins afirma “queríamos voltar a relembrar que o DNA da cidade é muito anterior aos Descobrimentos”. Acrescenta que "O nosso trabalho no Mistura é discutir estas questões e como se podem valorizar as pessoas que estão no meio destes radicalismos, que fazem música, poesia, simplesmente respiram, tratam-se cordialmente e compreendem que há uma série de coisas que os faz sentirem-se partes de uma comunidade maior".

 

Consulte a programação do Lisboa Mistura aqui.

 

Fonte: Diário de Notícias