CONTACTO INVESTIR COMPORTA ALGARVE PORTUGAL

Factory Lisbon vai ter um mega espaço com 11 mil metros 2

Factory Lisbon
Par Inês ALMEIDA Il y a 5 ans
Catégories :
Últimas Notícias

A Factory Lisbon deverá abrir portas até final de 2018

 

É no Hub Criativo do Beato, em Lisboa, que se vai instalar a Factory, uma empresa europeia que desenvolve e opera campus para startups e empresas tecnológicas. O projeto da Factory Lisbon foi apresentado oficialmente a 25 de Julho, sendo a sua inauguração esperada até ao final de 2018, de acordo com o anunciado por Simon Schaefer, co-fundador do campus.

 

“Encontrámos o sítio certo. Vamos para o Hub Criativo do Beato. Iremos ocupar um edifício com 11 mil metros quadrados, com vista para o rio. “Queremos criar um ambiente em que as startups cresçam mais rápido e tenham mais sucesso. Tanto queremos pequenas como grandes empresas”, disse Simon Schaefer ao Dinheiro Vivo.

 

A empresa, criada em Berlim por Simon Schaefer, vai ocupar 11 mil dos 35 mil metros do Hub Criativo do Beato, que se instalará na antiga fábrica de manutenção militar no bairro de Marvila. “Lisboa está a explodir e o Governo tem feito um enorme trabalho na atração de internacionais para viver e trabalhar na cidade. Estamos incrivelmente entusiasmados por desempenhar um papel no próximo capítulo da cidade”, disse Jeremy Bamber, CEO da Factory Lisbon, em comunicado.

 

A Factory Lisbon vai empregar 500 pessoas, que deverão ocupar os seus postos de trabalho até ao final de 2018. O projeto do Factory Lisbon vai manter a traça da herança industrial e as caraterísticas essenciais dos edifícios históricos. O edifício vai contar com escritórios modernos, assim como uma cafetaria e um bar de cerveja artesanal, um ginásio, um terraço e espaços de eventos.

 

Este projeto foi concebido por Julian Breinersdorfer, responsável pelos projetos Factory. Em Berlim, a empresa gere o espaço de trabalho de várias empresas de renome, como a Soundcloud, Über, Twitter e Point Nine Capital. As obras da Factory Lisbon deverão custar alguns milhões de euros e vão ter início no final deste ano. O objetivo do projeto é ligar as startups às grandes empresas e à comunidade.

 

Fonte: Dinheiro Vivo