CONTACTO INVESTIR COMPORTA ALGARVE PORTUGAL

Aprender em Sintra a Arte da Guerra

Arte da Guerra em Sintra
Par João GALVÃO Il y a 5 ans
Catégories :
Atividades Lisboa

É mesmo de aproveitar: um dia apenas para aprender com os melhores a disparar uma besta, igualzinho à Guerra dos Tronos.

 

É já dia 2 de setembro que a Parques da Lua, a dinâmica empresa que gere a movida cultural de Sintra, convida a experimentar durante um dia o quotidiano dos Besteiros do Conto dos tempos de D. Dinis. E neste quotidiano está tudo incluído: as suas obrigações milicianas, os privilégios e obrigações perante o Rei, tudo servirá de enquadramento a esta recriação histórica.

 

Será colocado em campo um pequeno conto (equipa) de besteiros liderado pelo seu anadel, o comandante, todos devidamente equipados. No final de cada apresentação o público poderá manusear o equipamento de guerra, sob supervisão qualificada.

 

O sítio não poderia ser mais bem escolhido: o Castelo dos Mouros em Sintra é o cenário perfeito para estes jogos de guerra. Porque se agora são apenas jogos, na Idade Média as coisas eram bem mais sérias e as setas não eram disparadas a brincar. O sítio foi razão de disputa entre Árabes e Cristãos, e um dos pontos mais difíceis de reconquistar devido à típica tipologia de defesa que o Castelo oferece. Mas finalmente os cristãos conseguiram tomá-lo, e é possível ver hoje em dia ainda, graças à arqueologia, parte do quotidiano mourisco que o solo manteve inalterado à espera dos turistas de agora.

Arte da Guerra em Sintra

Os besteiros do conto eram uma espécie de ‘tarefeiros’ para a guerra, que todos os concelhos do país eram obrigados a ter. Eram escolhidos entre os habitantes com mais posses, pois a besta não era uma arma barata, implicando perícia de ferreiro especializado. Por outro lado, qualquer nabo com o mínimo de pontaria poderia ser besteiro, especialmente se o alvo não fosse um inimigo solitário mas sim uma muralha de mouros ou de bárbaros.

 

Para ajudar a incorporar fielmente este retrato histórico estarão no terreno elementos da A.P.R.H., a Associação Portuguesa de Recriação Histórica. Desde há 15 anos que a Associação tem como missão a recriação o mais realista possível das épocas escolhidas, combinando uma gama de interesses das várias vertentes da recriação histórica, desde a esgrima histórica e galante, passando pela arqueo-metalurgia até à engenharia de cerco.

 

2 de setembro no Castelo dos Mouros em Sintra

Entre as 10h00 e as 18h00, demonstrações de armas e engenhos de época marcadas para as 11h00, 15h00 e 17h00.

Custo incluído no bilhete de visita ao Castelo.

 

Créditos das fotos:

1. Abertura, crédito Parques de Sintra Monte da Lua.

2. A.P.R.H.