CONTACTO INVESTIR COMPORTA ALGARVE PORTUGAL

Orgãos de Mafra tocam Star Wars

Concertos em Mafra
Par João GALVÃO Il y a 4 ans
Catégories :
Últimas Notícias

Os seis órgãos históricos da Basílica de Mafra tocam em janeiro um concerto imperdível que incluirá o tema da saga Star Wars

 

É um encontro perfeito que demorou três séculos a acontecer: junte à magnificiência do único conjunto de 6 órgãos do mundo a pompa do tema dos filmes Star Wars. É uma parelha feita no céu, não é?

 

Neste ano em que passaram 300 anos sobre o lançamento da primeira pedra do Real Edifício de Mafra, os órgãos da Basílica foram parte importante das comemorações. Em abril iniciou-se um ciclo de seis concertos que terminou neste dezembro com a performance do tema de John Williams a propósito dos 40 anos do início das aventuras de Luke Skywalker e dos Cavaleiros Jedi.

O efeito foi de tal forma fantástico que o tema fará parte já do Concerto de Reis, a 7 de janeiro.

 

Falámos com o homem certo sobre este assunto e contamos-lhe agora tudo. João Vaz, organista, é o director artístico do ciclo de concertos a seis órgãos na Basílica de Mafra e autor do arranjo para seis órgãos do tema principal de Star Wars. 

Como é que um conjunto de orgãos do século XVIII recebe uma peça como a banda sonora da Guerra das Estrelas?

Os seis órgãos da Basílica do Palácio Nacional de Mafra constituem um caso único no mundo porque em nenhum outro lugar foram construídos seis órgãos simultaneamente e com a intenção de tocar como um conjunto. Desde a sua construção em 1807, vários compositores exploraram as capacidades "orquestrais" do conjunto, transcrevendo para os órgãos de Mafra obras originalmente escritas para orquestra. É, por exemplo, o caso do arranjo feito em 1820 por António José Soares da abertura da ópera La Cenerentola de Rossini. Desde que os órgãos foram restaurados em 2010, muitos outros arranjos foram escritos. 

 

Para além desta peça, que mais poderemos ouvir no concerto de janeiro?

O concerto de 7 de Janeiro será fundamentalmente preenchido por arranjos de obras orquestrais. Para além do tema principal de Star Wars, ouviremos arranjos de obras de Bach, Charpentier, Elgar, Boccherini, etc. O programa encerrará com a Sinfonia para a Real Basílica de Mafra de António Leal Moreira, escrita na ocasião da construção dos órgãos em 1807. 

 

Num futuro breve, para além deste concerto, que outros tem para nos aguçar o apetite?

Ideias não faltam! Há muita música escrita para Mafra ainda "adormecida" na biblioteca do Palácio e noutros arquivos do país. E, claro, continuar-se-ão a fazer arranjos de obras conhecidas.

 

Em termos leigos, quais as mais valias de ter 6 órgãos desta categoria operando ao mesmo tempo?

Como referi, este conjunto é único. Não é só o impacto sonoro de ouvir seis grandes órgãos em simultâneo (o conjunto dos instrumentos totaliza cerca de doze mil tubos), mas também o efeito envolvente do conjunto. Pode considerar-se o primeiro sistema "surround" da História! Para além disso, a variedade de timbres que cada um dos órgãos pode produzir, proporciona uma série de efeitos sonoros quase inesgotável. 

 

Infelizmente este artigo termina com a pior das notícias para quem ficou com toda a vontade de ouvir o maravilhoso conjunto de 6 órgãos operando ao mesmo tempo: acabámos de saber que o Concerto  de Reis acabou de esgotar. Aconselhamos uma visita regular ao site do Palácio Nacional de Mafra, e fique a saber estes e todos os pontos da agenda oficial.