CONTACTO INVESTIR COMPORTA ALGARVE PORTUGAL

Já se imaginou a ter um concierge para conhecer Lisboa?

XN Concierge
Par Inês ALMEIDA Il y a 4 ans
Catégories :
Atividades Lisboa

A XN Concierge oferece pacotes de experiências para quem quer conhecer o outro lado de Lisboa

 

Não é difícil descobrir ideias de atividades a fazer em Lisboa, do que ver, comer ou onde passear na capital. No entanto, se aprecia experiências ‘fora da caixa’, talvez queira saltar os típicos Pastéis de Belém ou a volta da praxe no elétrico 28 e experienciar a cidade de forma diferente. Foi nesse sentido que surgiu a XN Concierge, um projeto de Xana Nunes e Rosa Mello do Rego que contém um menu de experiências que não encontra em mais lado nenhum.

 

Este serviço dá-lhe possibilidades inusitadas, como ser recebido por um artista no seu atelier, jantar no topo de um edifício abandonado ou receber um cesto com as iguarias de um restaurante famoso. O céu é o limite, pois a XN Concierge anda sempre em busca de encontrar formas originais de mostrar a cidade. Os dias são programados à medida e à vontade do cliente, de acordo com as suas preferências.

 

“Quem é que não quer ir ver a casa onde nasceu a Amália e saber que há lá uma vizinha que, todos os dias, põe o rádio a tocar à janela?”, pergunta Xana Nunes ao Observador. Xana tem uma experiência de vinte anos a organizar eventos e a comunicar marcas de luxo em Portugal, como a Hermés ou a Cartier. É esse conhecimento e requinte que a XN Concierge quer aplicar no turismo.

 

Quem mais procura este tipo de experiências são os franceses, os espanhóis, os italianos e os portugueses, se bem que já começa a surgir interesse de público do Brasil e da América do Norte, sobretudo pela comida. Rosa Mello do Rego, por seu turno, ganhou experiência na organização de eventos originais ao longo dos 19 anos em que viveu em Londres.

 

A capital portuguesa é o primeiro sítio em que a XN Concierge se vai ficar. No entanto, a empresa quer chegar ao resto do país nos próximos dois anos, tendo o Porto e o Algarve como focos principais. A ideia para já é descentralizar, sair do óbvio. “Lisboa é uma cidade madura, que não é só o Chiado e os pastéis de nata. Há muito mais para descobrir”, explica Xana Nunes.

 

Estas experiências percorrem zonas improváveis da cidade como Marvila ou Lumiar. Um exemplo disso é o Colégio Manuel Bernardes (na foto), com os seus painéis de azulejos da primeira metade do século XVIII. Estas experiências envolvem uma série de especialistas, como historiadores, stylists, enólogos e botânicos. Tudo para comprar os programas, que vão de simples visitas guiadas a fins-de-semana inteiros.

 

Fonte: Observador