CONTACTO INVESTIR COMPORTA ALGARVE PORTUGAL

Stop do Bairro fecha em Campo de Ourique, reabre em Campolide

Stop do Bairro
By Inês ALMEIDA . 2 years

O Stop do Bairro é um restaurante de comida típica de amantes do desporto

 

Quem entra no restaurante Stop do Bairro, em Campolide, depara-se com uma parede coberta de cachecóis e de camisolas futebolistas. Em grande destaque estão também as garrafas de vinho, sendo que a casa reúne mais e 500 referências. O número 173 da Rua Marquês de Fronteira acolhe um restaurante de comida típica de amantes do desporto e conta com uma lista de vinhos completa.

 

Depois de ter estado fechado há quatro meses, o Stop do Bairro voltou a reabrir, desta feita em Campolide. João Sabino, antigo guarda-redes do Belenenses e dono do espaço, abriu o Stop do Bairro no dia 18 de Fevereiro de 1974. Quarenta e três anos volvidos, viu-se forçado a fechar o espaço na Tenente Ferreira Durão, porque o contrato de arrendamento não foi renovado.

 

 

Stop do Bairro

 

 

“Tentámos por tudo ficar em Campo de Ourique, mas não podíamos condenar o negócio porque uma renda custa quatro mil euros”, explicou Januário Paiva, sócio do restaurante, à revista Time Out. No novo espaço vai encontrar tudo o que estava antes, incluindo a camisola do mundial de 1966 assinada e com dedicatória de Eusébio da Silva Ferreira e a outra oferecida pelo guarda-redes Rui Patrício a João Sabino, que já tentaram comprar por 2500 euros.

 

Na cozinha também está tudo na mesma, exceptuando que o espaço é maior- A cozinheira, Dona Rosa, continua a cozinhar os mesmos pratos que aprendeu com João Sabino e a servi-los ao mesmo preço. Quem visitar o novo Stop do Bairro vai encontra a cabidela servida à sexta-feira, o ossobuco, o pernil de cabrito, a carne de porco à alentejana e o famoso arroz de tamboril.

 

Apesar do Stop do Bairro ter ganho bastante espaço, antes tinham cerca de 40 lugares e agora têm 70 no interior e ainda vão ter mais na esplanada, não se vão perder as mesas corridas. “Você vira-se para o lado e pede o saleiro e pronto, já começou a conversa”, graceja Januário Paiva.

 

 

Endereço: Rua Marquês de Fronteira, 173A (Campolide), Lisboa

Telefone: (+351) 21 585 2893

Horário: de terça-feira a domingo das 12h00 às 23h00, à segunda-feira das 09h00 às 17h00

 

 

Fonte: Time Out