CONTACTO INVESTIR COMPORTA ALGARVE PORTUGAL

Programação da Cinemateca destaca Revolução Bolchevique

1917 no Ecrã
By Inês ALMEIDA . 3 years
Categories :
Atividades Lisboa

O grande destaque da programação da Cinemateca até ao final do ano são os clássicos do cinema soviético

 

A programação da Cinemateca Portuguesa relativa ao período entre setembro e dezembro de 2017 já é conhecida, tendo sido anunciada dia 3 de setembro. Esta vai ter como tema central o centenário da Revolução de Outubro, no ciclo “1917 no Ecrã”. Este ciclo de cinema pretende abordar as diferentes formas com que a sétima arte abordou o período da Revolução Bolchevique e a guerra civil que se lhe seguiu, na União Soviética e nos outros países.

 

“Não podíamos deixar escapar a questão da representação de um grande facto histórico através da representação do cinema”, disse José Manuel Costa, diretor da instituição, à agência Lusa. “A revolução de 1917 foi um dos momentos mais marcantes do século XX, se não o acontecimento mais importante que marcou o século XX. O cinema que resultou ou aconteceu no período pós-revolução foi a grande vanguarda soviética dos anos 20”, acrescentou.

 

O diretor da Cinemateca considera O Couraçado Potemkine (1925), de Sergei Eisenstein, sendo para ele um filme que “incendiou a imaginação de cineastas em todo o mundo e marcou o que veio a acontecer a seguir”. Do mesmo realizador vai também ser exibido Outubro (1927), de acordo com a agência Lusa.

 

O ciclo “1917 no Ecrã” vai contar com 17 sessões em setembro, estando agendadas mais 22 para outubro e novembro. A estas juntam-se ainda cinco sessões de “Histórias do Cinema”. A Cinemateca destaca a colaboração do Gosfilmofond – Fundo Nacional da Federação Russa. O responsável executivo, Piotr Bagrov, vai estar em Lisboa para a abertura do ciclo e para uma série de apresentações dedicadas ao cineasta soviético Fridrikh Ermler.

 

O ciclo “1917 no Ecrã” percorre as diversas formas em que a Revolução Bolchevista e a guerra civil que se lhe seguiu e que durou cinco anos foram representadas no cinema. Estas foram-no de diversas formas: como um acontecimento presente, como um momento de História (Lenine surgiu muito cedo como personagem de ficção), mas também como um simples pano de fundo para grandes aventuras.

 

Fonte: Diário de Notícias