CONTACTO INVESTIR COMPORTA ALGARVE PORTUGAL

Ilustrarte em Castelo Branco: descentralização é isto

Ilustrarte 2018
Par João GALVÃO Il y a 3 ans
Catégories :
Cultura

A mostra Ilustrarte na cidade interior de Castelo Branco é a prova de que para se começar tem que se começar por algum lado

 

Está nas mãos das autarquias contrariar a máxima de que o “interior é esquecido e ostracizado”. A única coisa que em Portugal (e no mundo, claro) distingue o interior do resto é o facto de que o resto tem costa. Ponto.

 

Castelo Branco é uma cidade que não pode ser mais interior, a seguir é logo o maciço espanhol e a costa fica a léguas de distância, seja qual for a direção que se tome. Mas nem por isso é ‘interior’; interior é apenas uma circunstância geográfica e Castelo Branco tudo tem feito, e da maneira certa, para contrariar uma característica que no fundo é apenas geográfica.

 

 

Primeiro Prémio Ilustrarte'18, o trabalho “Today i’m off”, de Yuxing Li, da cidade de Hamburgo. Na foto da abertura deste artigo, outra ilustração da mesma série.

 

Este é um artigo em dois tempos, uma ação e um sítio, e ambos são brilhantemente conseguidos frente a este status quo parolo e retrógrado que divide em dois um país, apesar de homogeneamente belíssimo. 

 

As coisas que nos levam a Castelo Branco não precisam de praia nem de maresia. Esta entrada é  facciosa por parte de quem escreve este artigo, a minha família tem raízes antigas nesta terra de pores-do-sol cor de ferrugem e verde sálvia, do cheiro das xaras no pino do meio-dia, e do marulhar das estevas na brisa escaldante de agosto

 

 

Ilustração da portuguesa Carolina Celas, distinguida com uma Menção Honrosa

 

A exposição Ilustrarte é a ação. Quase 3000 participantes oriundos de 105 países trazem a Castelo Branco o que de melhor se faz globalmente no campo da ilustração. O sítio? O sítio não poderia ser melhor, o CCCCB, Centro de Cultura Contemporânea de Castelo Branco, um edifício que desafia a imaginação e a gravidade.

 

 

O belíssimo Centro de Cultura Contemporânea de Castelo Branco, o CCCCB, unde decorre até setembro a Ilustrarte'18. Foi edificado em 2013, e desenhado pelo arquiteto Josep Lluis Mateo.

 

A internet e o fast-way-of-living fizeram com que tanta gente valorosa tivesse participado no Ilustrarte de Castelo Branco. E isso é bom, há coisas boas na rede, esta é uma delas. 

 

A Ilustrarte é uma exposição bienal, internacional, dedicada apenas à ilustração infantil como forma de arte e existe desde 2003. Depois de decorrer no Barreiro e em Lisboa, esta sua oitava edição vai agora ser mais um motivo para que ‘descentralizemos’ e visitemos Castelo Branco.

 

 

Menção Especial atribuída a David Álvarez, concorrente do México.

 

Dos quase 3000 participantes foram selecionados 50 finalistas, entre eles 6 portugueses, e a vencedora absoluta foi a alemã Yuxing Li, da cidade de Hamburgo, com o trabalho “Today i’m off”, realizado para um livro escolar sobre folga e trabalho.

 

Até dia 2 de setembro tem todo o verão para deixar as praias onde elas estão e visitar Castelo Branco e os melhores desenhos, feitos a pensar nas crianças, que se têm feito ultimamente. 

 

Mais info aqui.

 

Imagens cedidas pela organização.