CONTACTO INVESTIR COMPORTA ALGARVE PORTUGAL

Palavra de Viajante, com certeza a sua livraria

Palavra de Viajante
Par João GALVÃO Il y a 5 ans
Catégories :
Turismo Lisboa

Porque parto do princípio de que quem me lê é um turista, a livraria Palavra de Viajante é antes do mais para si

 

E depois também para todos nós os que amam os livros, estes e os outros, a começar pelo cheiro, sejam novos ou velhos, são cheiros diferentes mas são ambos perfumes. Já cheirou um iPad ou um computador portátil? Não é a mesma coisa que cheirar um livro, pois não?

 

Mas esta livraria é especial para além da literatura como deve de ser, em papel: é verdadeiramente temática e virada apenas para viagens e viajadores.

É uma livraria que em Lisboa faz todo o sentido, estranho será ter demorado tanto tempo a abrir um espaço assim. Afinal Lisboa é o cais da Europa, ainda andavam todos no centro do continente engalfinhados em guerras à procura de se conquistarem uns aos outros, quando os portugueses se lançaram ao mar sem saberem o que haveria para lá dele, se é que haveria coisa alguma.

Ana Coelho é a responsável pela Palavra de Viajante, e é a mulher dona deste ovo-de-colombo que é uma livraria de viagens numa cidade de viajantes, seja do povo que se fez ao mar no passado, seja dos turistas que agora a conquistam.


Desde quando existe a Palavra de Viajante?

A livraria abriu em Outubro de 2011; há seis anos, portanto.


Qual o conceito da loja?

A Palavra de Viajante é uma livraria dedicada a viagens, um espaço onde é possível juntar dois grandes prazeres: livros e viagens. Assim, para além dos guias e mapas, temos relatos de viagens e alguns romances onde o lugar (uma cidade, por exemplo) é protagonista.



Porque decidiu abrir?

Por um lado, por ser um sonho que se tornou possível realizar; por outro, por não existir uma livraria do género em Portugal.


Porque abriu aqui?

 

Se se refere à cidade, a escolha deveu-se ao tipo e ao potencial de negócio (numa cidade portuguesa mais pequena seria um suicídio abrir uma livraria com esta temática). Quanto ao lugar exato em Lisboa, foram vários os factores que determinaram a escolha: ser num verdadeiro bairro, em São Bento, misturando habitação, comércio e serviços; o valor da renda; ser relativamente central e com transportes públicos e acreditarmos que a zona tinha muito potencial.


O que era este espaço antes?

Já foi muita coisa, de livraria a bar ou mesmo loja de tecidos.


Vende também livros estrangeiros?

Sim, claro. Para além de livros em português, temos livros em inglês, francês, espanhol e italiano.


Pensa que apesar da linguagem digital os  'livros serão sempre
livros'?

Os livros serão sempre livros, sim; a dúvida é se daqui a uns anos haverá leitores, seja qual for o suporte.


Que livro está a Ana a ler agora?

Um relato do espanhol Jordi Esteva, "Los árabes del mar", que vai no rasto dos árabes que foram grandes marinheiros na Idade Média, da Somália a Zanzibar, passando por Omã.

 

 

Livraria Palavra de Viajante

Rua de São Bento, 34

1200-819 Lisboa

213 950 328

Mais info em http://palavra-de-viajante.pt

 

Ilustração da abertura por Marta Teives

Crédito da primeira foto no texto: Rita Ferreira