CONTACTO INVESTIR COMPORTA ALGARVE PORTUGAL

Leve o seu animal de estimação consigo para Portugal

Animal de estimação
Par Inês ALMEIDA Il y a 5 ans
Catégories :
Turismo Portugal

 

Pretende ir viver para Portugal e até já pensou nas várias tarefas administrativas que tem de fazer antes. Já planeou tudo para a grande mudança, mas já ponderou como vai fazer em relação ao seu animal de estimação? Na verdade, se pretende inclui-lo na sua nova vida, vai ter de cumprir com as condições que a sua expatriação requer.

Levar o seu animal de estimação para viver consigo em Portugal, na verdade, envolve alguns procedimentos que deve seguir à risca para evitar ser penalizado. Estas linhas vão, de seguida, deixá-lo a saber todas essas condições específicas e as possíveis sanções, caso seja necessário.

 

Condições específicas

Para não arriscar ter de introduzir um animal em Portugal que pode levar consigo alguma doença infecciosa ou contagiosa, os países impõem leis. E mesmo permanecendo na zona euro, é importante recordá-las.

Assim, entre as poucas regras básicas, vai ter alguns meses antes da sua partida para vacinar o seu animal de estimação contra a raiva, e isto num laboratório autorizado pelos órgãos competentes, que podem assegurar a eficácia da injecção.

Se tiver um gato, um cão ou mesmo, por que não, uma doninha, estes devem estar identificados:

  • Se a identificação foi feita antes de 3 de Julho de 2011, o animal terá uma tatuagem (este último só é válido se permanecer perfeitamente legível);

  • Se a identificação foi feita 3 de Julho de 2011, o animal vai estar identificado com um microchip.

Para levar o seu animal de estimação consigo para Portugal, também é indispensável ter um passaporte europeu. Também deve certificar-se que o seu animal tem todos os cuidados médicos que necessita antes da partida, como cirurgias ou vacinas. O veterinário vai dar-lhe um documento a comprová-lo.

Finalmente, deve adicionar um certificado que comprove o bom estado de saúde do seu animal de estimação, mais uma vez dado pelo veterinário.

Para além destas medidas, saiba que a quarentena não está patente protocolo de entrada em Portugal caso seja proveniente de um país europeu. No caso de vir de outro país do mundo, é aconselhável dirigir-se ao consulado Português para descobrir todos os passos adicionais que podem ser solicitados.

 

Sanções em caso de incumprimento

Além de uma viagem a Portugal, planeia mudar-se para o país com o seu animal de estimação. Para tal acontecer, deve certificar-se que cumpre todos os procedimentos legais de acordo com as informações que lhe fornecemos nos parágrafos anteriores.

No entanto, se tentar trazer o seu animal de estimação para Portugal sem cumprir estes procedimentos vai sofrer consequências. Lembre-se que o seu animal de estimação pode ser confiscado na alfândega ou, no pior dos cenários, pode mesmo ser mandado eutanasiar.

Para evitar tal tragédia que marcaria de forma muito negativa a sua chegada ao país, não deve correr qualquer risco. Seja qual for o seu país de origem, tire o tempo necessário para verificar com o consulado local e o seu veterinário. Adie a sua vinda para Portugal, caso seja necessário, mas certifica-se que respeita cada passo. É melhor ver-se separada do seu animal de estimação por umas semanas, do que arriscar a vida deste e depois arrepender-se amargamente.