CONTACTO INVESTIR COMPORTA ALGARVE PORTUGAL

Sardinhas d’honra: o concurso de 2017 em exposição

Exposição sardinhas 2017
By João GALVÃO . 4 years
Categories :
Atividades Lisboa

Este deve ser o concurso anual a que mais artistas lisboetas, amadores e não só, concorrem.

 

As sardinhas da EGEAC, empresa pública que gere a atividade cultural da cidade, são já uma referência incontornável quando se fala das Festas de Lisboa, que decorrem durante todo o verão usando os Santos Populares como desculpa.

 

Todos os anos é chamada a concorrer toda a gente que o queira fazer, com desenhos, esculturas ou outras expressões artísticas, desde que sejam sardinhas. A EGEAC dá o desenho a linha, para que sejam na forma e no tamanho todas semelhantes e cada um de nós pode enviar até 3 projetos. Um júri de artistas plásticos, outros artistas ou apenas celebridades escolhem 5, cujos autores recebem um prémio de 2.000 euros cada. Estas sardinhas eleitas farão depois parte da campanha de comunicação das Festas de Lisboa desse ano.

 

Isto é o que tem acontecido até agora. A grande novidade deste ano é podermos ver as melhores Sardinhas candidatas de 2017, num belo edifício ao lado da Câmara e frente ao novo Museu do Dinheiro. Sempre que ali passava perguntava-me como seria o seu interior, se era habitado, porque estaria sempre fechado e triste. Uma pena, é um prédio de época, com trabalho em ferro forjado tão Arte Nova, mesmo a pedir ‘mora aqui, mora aqui!!”

A exposição não é grande, e infelizmente da bela casa só podemos ver a sala de entrada, e mesmo desta, nem as paredes se descortinam. Seja qual for o motivo, a curadoria forrou todo  espaço a madeira prensada, como fundo para as sardinhas e textos de sala. O resultado cumpre o desígnio, mas eu queria tanto ver a casa por dentro.

 

As Sardinhas valem bem a visita, afinal o concurso galgou fronteiras e este ano foram 60 os países concorrentes. A curadoria escolheu as 130 que mais se distinguiram das 5.168 concorrentes de 2017 e com elas forraram o espaço, intercalando informação quer das sardinhas a concurso quer das sardinhas verdadeiras, como motor económico ou como parte importante da tradição nacional: sabia que Portugal produz em média 85.000 toneladas de sardinha processadas atualmente por apenas 19 fábricas?

E que dos concorrentes 37% são homens e 63% mulheres, entre os 2 e os 93 anos?

 

O concurso da Sardinha da EGEAC começou em 2011 e de lá para cá já passaram pelo crivo 39.363 sardinhas.

A curadoria da exposição é feita pela EGEAC e pela Silvadesigners, o atelier que trata da imagem da Agenda Cultural de Lisboa.

 

Exposição “Sardinhas de outra galáxia”, até 20 de agosto

Largo de São Julião, à Praça do Município