CONTACTO PORTUGAL COMPORTA ALGARVE INVESTIR VIVER

Durma como um rei num palácio português segundo a Bloomberg

Bloomberg
Posté par Inês ALMEIDA Il y a 4 Mois
Catégories :
Últimas Notícias

A Bloomberg destaca palácios de Coimbra, Alentejo, Douro, Sintra e Lisboa

 

Sempre se questionou como seria dormir como um rei? A Bloomberg, uma publicação norte-americana, diz-lhe que pode ter essa experiência em Portugal, propondo-lhe um roteiro por cinco palácios ou casas nobres no continente. Depois de recomendar castelos em França, villas na Toscânia e mansões na Irlanda, a agência noticia americana diz aos leitores quais são os palácios que devem conhecer em Portugal.

 

A Bloomberg começa por referir o passado histórico de Portugal, que teve uma nobreza reconhecida desde a sua fundação enquanto reino, de 1139 a 1910. Por isso, o país acumula extravagantes palácios ou paços de propriedade de nobres por toda a parte. Alguns estão hoje transformados em acomodações que podem ser reservadas e que albergam tesouros arquitetónicos incríveis.

 

Os palácios portugueses podem não dispor das mordomias da modernidade, como um ginásio bem equipado ou a mais recente banheira de hidromassagem, mas contam com outros atributos. Encontra vários exemplares portugueses de estilo de arquitetura neoclássico, barroco ou manuelino, com frescos originais, muitas paredes de azulejos ou móveis antigos. A maioria localiza-se em grandes porções de terreno, que contam com jardins perfumados e piscinas ao ar livre.

 

A Bloomberg destacou os palácios do Centro, Alentejo, Douro, Sintra e Lisboa. Mais especificamente, o Paço da Ega, em Condeixa, distrito de Coimbra. Este tem apenas sete quartos, deriva de um castelo do século XII e tem paredes decoradas com brasões. Para 14 pessoas, a noite custa €3400,00. No Alentejo, por seu turno, a publicação destaca a Casa do Terreiro do Poço, que conta com três casas datadas do século XVII, decoradas com frescos e portas com entalhes.

 

O próximo palácio fica no Norte, mais especificamente no vale do Douro, e chama-se Casa das Torres de Oliveira. A sua origem remonta ao século XV. Este tem seis quartos e uma piscina com vista para as vinhas. Tem capacidade para receber 12 hóspedes e custa €4980,00 por noite. O quarto destino indicado pela Bloomberg é Sintra, mais especificamente o belo Palácio de Seteais (na foto), um edifício do século XVIII com extensos jardins. Este tem 30 quartos, que podem ser reservados individualmente ou por inteiro. Reservar todo o palácio custa por noite, aos 60 hóspedes, €29 300,00.

 

A última sugestão da Bloomberg fica na capital de Portugal. O Palácio de Belmonte, em Lisboa, situa-se perto do Castelo de São Jorge e tem 10 suites, assim como vários serviços, como pequeno-almoço na varanda, mordomo e transporte de automóvel 12 horas por dia. Este palácio está decorado com 4000 azulejos e mobília que acumula séculos de história. A dormida de 26 pessoas por uma semana tem o custo de €155 000.

 

Fonte: Jornal de Negócios

 

Inês ALMEIDA
Inês ALMEIDA