CONTACTO INVESTIR COMPORTA ALGARVE PORTUGAL

Turismo contribui para crescimento económico em Portugal

Turismo na Economia
Par Inês ALMEIDA Il y a 3 ans
Catégories :
Últimas Notícias

Setor do turismo impulsionou outros setores, como a construção e o imobiliário

 

Devido ao crescimento económico que se deu em Portugal no ano de 2016, que contribuiu para o aumento do PIB em 1,4%, algumas empresas nacionais optaram por investir em alguns projetos que tinham pendentes em 2017. Apesar disso, 2016 não foi um ano em que se dessem alterações de grande relevo no tecido empresarial português, à exceção do setor do turismo, que manteve a trajetória ascendente iniciada no ano de 2014.

 

Em 2016, a vertente de viagens e de turismo apresentou um superávite de 4,8% do PIB que praticamente cobriu o saldo negativo nos bens, de 4,9% do PIB. Além destes resultados imediatos, o crescimento deste setor também contribuiu para potenciar outros setores, tais como a construção e o imobiliário, que se encontravam em forte queda desde os anos de 2010 e 2011. Com a expansão do alojamento local, por exemplo, foram reabilitados muitos edifícios em Lisboa e no Porto, uma tendência que fez movimentar o mercado da construção.

 

“Andamos há anos a falar da reabilitação, mas só agora é que ela se tornou visível, sobretudo nos centros das grandes cidades”, afirma José de Matos, presidente da APCMC – Associação Portuguesa dos Comerciantes de Materiais de Construção. Além do setor da construção, o setor do imobiliário também tem sentido um crescimento impulsionado pelo turismo. Este tem vindo a atingir volumes de vendas que se equiparam com os melhores anos que antecederam a crise. Esta mudança explica-se pela procura crescente de Portugal, tanto para passar férias, viver ou investir.

 

Entre as empresas que mais cresceram em 2016, de acordo com a listagem da Star Company, não existe nenhuma cuja atividade se relacione com os setores do turismo, construção ou imobiliário. No entanto, face aos dados recolhidos em 2015, há grandes mudanças, sendo que existem várias empresas a estrear-se na lista e a entrar diretamente na lista dos melhores, o que revela alguma dinâmica no setor empresarial.

 

 

Fonte: Dinheiro Vivo