CONTACTOPORTUGALCOMPORTAALGARVEINVESTIRVIVER

Mostra de Lenços de Namorados, à Sé

Lenços de Namorados
Par João GALVÃO Il y a 2 semaines
Catégories :
Cultura

Lembrando quando a timidez era maior que o amor, os Lenços dos Namorados podem ser vistos na Arte da Terra

 

São um ícone do desenho popular que os novos designers portugueses foram buscar recentemente para as suas criações contemporâneas. Resgatados desta forma ao passado, os Lenços dos Namorados portugueses têm agora até 23 de fevereiro uma exposição que a galeria Arte da Terra lhes dedica.

Para saber mais falámos com António Ramos, gerente do espaço, que contou ao Lisbonne-Idée tudo o que precisa de saber sobre os Lenços dos Namorados.

 

Qual a origem desta tradição?

 A história remonta a finais de Séc. XVIII, inicio de Séc. XIX, quando as jovens em idade de casar bordavam os seus lenços com poemas de amor, que ofereciam ao homem de quem gostavam. Se ele o usasse publicamente (numa missa, num baile...) sobre os ombros, era sinal de "receptividade" ao início da relação. Posteriormente os Lenços tornar-se-iam um retrato de vida, com a introdução de simbologias, que remetiam para referências ao casamento, filhos, locais de vida, etc.
O Minho é local de referência, ainda que existam algumas referências para a existência de Lenços em outros pontos do país, nomeadamente no Alentejo (de onde tivemos oportunidade de mostrar alguns exemplares numa exposição há mais de uma década). A  Arte da Terra tem exposto ao longo dos anos Lenços da Aliança Artesanal de Vila Verde, tendo, nos últimos anos, estes eventos sido integrados no Programa Namorar Portugal.

Porquê esta exposição agora?

Esta é a 20ª exposição sobre um os maiores ícones da cultura portuguesa das ultimas décadas. Foi a Arte da Terra que trouxe para Lisboa, para a imprensa, a história dos lenços, com a realização - desde 2001 - das maiores exposições ao tema em Portugal, incluindo nos últimos anos, com peças da autoria de prestigiados estilistas nacionais, como Anabela Baldaque, Nuno Gama, Nuno Baltazar, Filipe Faísca, Fernando Nunes, inspiradas nos Lenços Namorados.

 

Os Lenços estão para venda?

Existem Lenços Namorar Portugal para venda e Originais que não são para venda, obviamente, da coleção privada de Conceição Pinheiro, uma das maiores responsáveis pela recuperação desta arte em Portugal.

 

Quantos estão expostos?

Cerca de meia centena de Lenços, para além de outros trabalhos neles inspirados, nomeadamente echarpes de seda, bonecas, cerâmica, produtos de cortiça, etc.

Depois dos Lenços que Mostras tem programadas?

Em Março teremos uma exposição com obras de artistas da Fundação AFID Diferença (instituição de solidariedade social), em Abril/Maio poderemos aqui encontrar o Universo de Eça de Queirós e dos "Maias" numa abordagem de mundo das Marionetas. Em Junho, o Santo António será alvo de grande exposição, que existe desde 2007, a integrar o Programa Oficial das Festas de Lisboa.

A Arte da Terra é uma galeria especialmente virada para os modos de fazer artesanais e ancestrais de Portugal. Depois de 10 anos em Almada, ocupa desde há 12 antigas cavalariças ao lado da Sé da Lisboa e dá trabalho a mais de duas centenas de artesãos, escultores, joalheiros e designers. Do figurativo ao decorativo e utilitário, podemos encontrar na Arte da Terra as peças que o país inventou ao longo do tempo nos mais diversos materiais, como a madeira, o têxtil, a cerâmica, a pedra ou os metais.

 

Ao longo destes 22 anos de existência contínua, a Arte da Terra foi referida mais 5.000 vezes na imprensa internacional, como no New York Times, no The Sun, no Harold Tribune australiano, ou na imprensa mais inesperada, como na da Letónia, na do Japão ou na Nova Zelândia.

 

 

A Arte da Terra

Rua Augusto Rosa, 40, à Sé

1100-059 Lisboa

212 745 975

Todos os dias, entre as 11h00 e as 20h00

Mais info aqui

 

Imagens cedidas pelo espaço

João  GALVÃO
João GALVÃO