CONTACTO PORTUGAL COMPORTA ALGARVE INVESTIR VIVER

Portugal é o melhor país europeu para quem está expatriado

Expatriado em Portugal
Posté par Inês ALMEIDA Il y a 1 Semaine
Catégories :
Últimas Notícias

Portugal passou do 28º para o 5º lugar de uma lista dos melhores países para quem trabalha expatriado

 

Portugal é o melhor país da Europa, e o quinto melhor país do mundo, para os expatriados, ou seja, para quem vai viver para outros países que não a sua nação de origem por razões profissionais. Foi a Internations, uma comunidade internacional para expatriados, que num estudo colocou Portugal no topo do mundo na sub-categoria de qualidade de vida, com resultados positivos também na segurança e na hospitalidade. A comunidade recomenda Portugal para quem quer “viver a vida boa”.

 

Esta é a quarta edição anual do ranking Expat Insider, da Internations, uma sondagem mundial sobre a vida dos expatriados. Ao todo participaram neste inquérito 12 500 pessoas de 166 nacionalidades diferentes, que se encontram a viver em 188 países ou territórios distintos. O ranking tem 65 lugares e entre os mais de 40 critérios para se estabelecer a pontuação final encontram-se a satisfação com a vida profissional e a segurança. É tido em conta, também, o custo de vida e as condições para a vida familiar.

 

O capítulo dedicado a Portugal intitula-se “viver a vida boa em Portugal” e nele a Internations realça que o país subiu uns “impressionantes 23 lugares” na lista e que se encontra em primeiro lugar no sub-índice de qualidade de vida. O estudo revela também que 93% dos inquiridos estão satisfeitos com a vida que levam em Portugal e que 29% estão inclusivamente “muito felizes” por terem vindo viver para este país.

 

O sub-índice de felicidade pessoal, que desceu em 2016, voltou a subir agora em 2017 para o terceiro lugar a nível mundial. Na categoria de facilidade de adaptação, Portugal encontra-se na quarta posição. Portugal também é considerado um bom país para ter ou procurar um relacionamento amoroso, 95% dos inquiridos estão satisfeitos com a sua vida amorosa (ao passo que eram 76% em 2016). Os participantes neste estudo que se encontram a viver em Portugal também se mostraram mais confiantes em relação à estabilidade política e à segurança, sendo que um terço das respostas classifica esta categoria como “muito boa”.

 

 

Fonte: Observador